Homem é preso suspeito de vender ‘iPhones de argila’ por R$ 13 mil em MG

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Um homem de 31 anos suspeito de extorquir um casal foi preso preventivamente na manhã desta quinta-feira (25) em Contagem (MG).

As vítimas e o suspeito negociaram a venda por uma rede social. A mulher viu o anúncio de dois celulares, supostamente iPhones, na internet e entrou em contato com o vendedor, que definiu um ponto de encontro para realizar a transação. Os nomes dos envolvidos não foram informados pela polícia.

O suspeito não deixou os compradores abrirem as caixas e disse que estava armado. A vítima tentou conferir o conteúdo do embrulho, mas o homem falou que ela deveria fazer o pagamento imediatamente, sem retirar o lacre, e ameaçou o casal com uma arma. A mulher transferiu R$ 13 mil para a conta de um terceiro e o suspeito fugiu.

O casal só descobriu que os celulares eram peças de argila após ir embora. Ao abrirem as caixas, as vítimas se depararam com duas pedras de argila moldadas no formato dos celulares. A mulher tentou contato com o suspeito para pedir a devolução do dinheiro, mas ele não respondeu mais.

O homem foi preso preventivamente. Ele foi encaminhado ao sistema prisional e está à disposição da Justiça, segundo a Polícia Civil de MG. Como o nome dele não foi divulgado, o UOL não conseguiu localizar a defesa. O espaço fica aberto para manifestações.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.