Harry desabafa sobre a dor da perda da mãe Diana

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) – Harry, 39, desabafou sobre a dor da perda da mãe Diana, que morreu em 31 de agosto de 1997 em um acidente de carro, aos 36 anos.

O príncipe deu um depoimento raro para a Scotty’s Little Soldiers (Pequenos Soldados de Scotty). É uma instituição de caridade britânica que apoia crianças que perderam os pais enquanto serviam nas forças armadas.

“É tão fácil quando criança pensar ou se convencer… você se convence de que a pessoa que você perdeu quer que você fique triste pelo maior tempo possível para provar a ela que sente sua falta. Mas, então, vem a percepção de que não. Ela deve querer que eu seja feliz”, afirmou ele.

Ele destacou a importância de falar do sentimento de perda. “A coisa mais difícil, especialmente para as crianças, acho que é: ‘Não quero falar sobre isso porque vai me deixar triste, mas, quando percebo que se eu falar sobre isso, estou celebrando a vida deles. Então, na verdade, as coisas ficam mais fáceis”, analisou.

“Se vocês suprimirem isso por muito tempo, não poderão suprimi-lo para sempre. Não é sustentável e vai corroer você por dentro”, disse Harry.

Compartilhe: