Guaíba tem alerta de inundação extrema e portão 14 rompe em Porto Alegre

Foto Luciano Lanes/ PMPA

SÃOI PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – A Defesa do Civil do Rio Grande do Sul emitiu alerta para “inundação extrema” no rio Guaíba e o prefeito, Sebastião Melo (MDB), informou que o portão 14 do sistema contra inundações rompeu nesta sexta-feira (3).

Alerta vale para o período de 24 horas. Segundo o órgão, população deve evitar regiões próximas ao rio e locais de risco (áreas marcadas em vermelho no mapa).

“Houve rompimento do portão 14 do Cais Mauá e pode acarretar inundações na Avenida Sertório, zona norte da Capital”, informou o prefeito.

Nível do Guaíba pode ultrapassar cinco metros nas próximas horas, diz a Defesa Civil. Pela manhã, o rio chegou a 3,7 metros, de acordo com medição do governo estadual. A altura foi registrada pela Sema (Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura) às 9h15. O Instituto de Pesquisas Hidráulicas da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) também estima que o nível possa chegar a cinco metros.

Centros de Treinamento do Internacional e do Grêmio alagaram. O Parque Gigante, CT do Inter, fica próximo à margem do Rio Guaíba.

Capital tem quase 500 desabrigados. Ao menos 448 pessoas estão alojadas em três abrigos de Porto Alegre: “Estão montando um quarto abrigo e vendo a viabilidade de outros”, disse o prefeito.

Água também chegou ao centro histórico de Porto Alegre. Em comunicado nas redes sociais, a EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação) orientou que os deslocamentos para a cidade devem ser evitados e a população deve buscar locais seguros.

Capital tem 26 pontos totalmente bloqueados por enchentes. Outras nove vias estão parcialmente bloqueadas e a Estrada Retiro da Ponta Grossa, na altura do número 6.000, está com fios de um poste caídos.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.