Globo define nomes que vão narrar Olimpíadas de Paris somente na TV aberta

ARACAJU, SE (FOLHAPRESS) – A Globo fechou a escalação do seu time de narradores dos Olimpíadas de Paris na TV aberta. Diariamente, a emissora vai dedicar 14 horas de sua programação para a transmissão dos principais momentos do esporte brasileiro.

O titular da transmissão será Luís Roberto. Ele viajara para a França, faz a cerimônia de abertura no dia 29 de julho, e volta ao Brasil logo em seguida para tocar os principais eventos dos estúdios da emissora, no Rio de Janeiro.

Na linha da Globo, Everaldo Marques será o segundo nome mais importante da cobertura, atrás apenas de Luís. Natália Lara é a única mulher do time. Ela comandará eventos e a transmissão dos jogos da seleção brasileira feminina de futebol.

Outros dois nomes também estão escalados. Gustavo Villani vai dividir as atenções dos jogos do Campeonato Brasileiro, que não vai parar, com eventos olímpicos de importância.

Por fim, completam o time da Globo na TV aberta o narrador Rogério Corrêa. Titular da Globo em Minas Gerais, o experiente locutor vai para a sua quinta olimpíada na emissora. Desde Atenas 2004 é escalado para funções no evento poliesportivo.

A Globo fará uma cobertura multiplataforma para os Jogos Olímpicos de Paris. Na TV aberta, serão mais de 200 horas de transmissões, acompanhando de perto a trajetória dos atletas brasileiros.

No SporTV, serão quatro canais disponíveis, sendo um deles com sinal 4K, e mais de 500 horas ao vivo. A promessa é a de que 100% do evento será exibido.

Já o Globoplay reunirá também na plataforma a cobertura de TV Globo e SporTV, disponibilizará até 45 sinais para trazer todas as disputas no momento em que elas estiverem acontecendo.

Compartilhe: