quarta-feira, 10 agosto, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Albânia e Macedônia do Norte abrem negociações para entrada na UE

Albânia e Macedônia do Norte abriram nesta terça-feira, 19, oficialmente suas negociações para ingresso na União Europeia (UE). Em uma declaração conjunta, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, falou ao lado de líderes de ambos os países que este é um momento histórico, e que é resultado do “trabalho duro” das duas nações.

Segundo Von der Leyen, os postulantes modernizaram suas economia, possuem liberdade de imprensa e combateram a corrupção, dentre outros avanços. “A UE os apoiou em todo o processo, e irá continuar nisso”, disse. “Iniciaremos agora a análise da UE, e procederemos muito rapidamente”, afirmou a presidente. A alemã reforçou que haverá novos investimentos nos países, além de maior integração, incluindo no campo da energia.

O primeiro-ministro da Albânia, Edi Rama, agradeceu a uma série de autoridades europeias pelos recentes passos, e disse saber que este é um começo do caminho que deverá levar o país a integrar o bloco, atualmente com 27 membros.

Já o presidente de governo da Macedônia do Norte, Dimitar Kovachevski, agradeceu os esforços pela integração do país, e disse que este é o primeiro passo para fazer parte da União. Kovachevski lembrou as raízes históricas da nação e lembrou a rápida integração à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), dizendo que o processo mostra que a Macedônia do Norte está pronta para o bloco. Além disso, o líder reforçou as demandas para que a língua local seja reconhecida como oficial.

Matheus Andrade
Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas