quinta-feira, 11 agosto, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Rishi Sunak é favorito à vaga de Boris Johnson; 2 ex-ministros deixam a disputa

O Partido Conservador do Reino Unido concluiu nesta quarta-feira, 13, a primeira rodada de votação do pleito que define o sucessor de Boris Johnson como líder do partido e primeiro-ministro britânico. Após a abertura das urnas, dois dos oito candidatos que iniciaram a disputa foram eliminados, enquanto o ex-ministro do Tesouro Rishi Sunak apareceu em primeiro lugar, confirmando momentaneamente seu favoritismo.

O ex-secretário de Saúde Jeremy Hunt e o chefe do Tesouro Nadhim Zahawi saíram da disputa após não conseguiram atingir a quantidade mínima de 30 votos estabelecida para permanecer com o nome na urna para a segunda parte da votação secreta entre legisladores conservadores.

Os candidatos que continuam na disputa agora tentarão conquistar o apoio dos deputados que votaram em Hunt e Zahawi para uma disputa ainda em aberto. O líder de momento, Sunak, conquistou 88 votos, seguido pela ministra do Comércio Penny Mordaunt, que garantiu 67 votos, e a secretária de Relações Exteriores Liz Truss, que obteve 50 votos.

Também seguem na disputa o ex-ministro da Igualdade Kemi Badenoch (40), o deputado Tom Tugendhat (37) e a procuradora-geral Suella Braverman (32). A próxima rodada eleitoral acontece na quinta-feira, 14.

Os 358 deputados conservadores se amontoaram em um corredor úmido do Parlamento na tarde de quarta-feira para fazer fila e votar em uma grande sala repleta de pinturas a óleo. A equipe de segurança os fez entregar seus telefones para garantir o sigilo.

Em uma mensagem após a apresentação do resultado, o atual ministro das Finanças, Nadhim Zahawi, agradeceu pelo apoio dos que se engajaram em sua campanha e afirmou que vai retornar ao seu trabalho cotidiano, sem interferir no processo eleitoral -ou seja, sem declarar apoio.

Passo a passo para a escolha do novo primeiro-ministro pode durar seis semanas ou mais; Johnson deixou o cargo de premiê na manhã desta quinta-feira, 7, em meio a uma crise política em seu governo

“Eu vou me concentrar no meu dever vital de ministro e administrar as contas da nação”, disse Zahawi em uma carta publicada em suas redes sociais. “Eu não pretendo fazer nenhuma intervenção a mais, mas desejo a todos os candidatos nesta disputa pela liderança (do partido) muita sorte”, completou.

Lanterna na primeira votação, o ex-ministro Jeremy Hunt agradeceu aos apoiadores e disse ver um “futuro brilhante” para o partido. No entanto, Hunt deixou uma mensagem cifrada em suas redes sociais, em meio a um pleito marcado por propostas similares, mas alguns embates pessoais.

“Um conselho gentil para os candidatos restantes: difamações e ataques podem trazer ganhos táticos de curto prazo, mas sempre saem pela culatra a longo prazo. A nação está assistindo e eles já tiveram o suficiente do nosso drama; seja a igreja ampla e imbatível, máquina vencedora de eleições que nosso país merece”, escreveu.

Novas rodadas de votação ocorrerão até a próxima semana, se necessário, até que restem apenas dois candidatos. Os últimos remanescentes se enfrentarão em um segundo turno com cerca de 180 mil membros do Partido Conservador em todo o país. O vencedor deve ser anunciado em 5 de setembro e se tornará automaticamente primeiro-ministro, sem a necessidade de uma eleição nacional. (FONTE: ASSOCIATED PRESS)

Redação, O Estado de S. Paulo
Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas