sábado, 13 agosto, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Américas têm 1,3 milhão de casos de covid na semana, alta de 14% ante a anterior

Diretora da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), Carissa Etienne informou nesta quarta-feira, 29, que houve mais de 1,3 milhão de casos de covid-19 nas Américas na semana mais recente. Isso representa um avanço de 13,9% ante a semana anterior, disse ela, durante entrevista coletiva da entidade.

Houve ainda 4.158 mortes pela doença na semana mais recente, disse ela, que destacou o fato de que a alta dos casos ocorrem em todas as regiões das Américas, inclusive na América do Sul, nos Estados Unidos e no México.

No início da coletiva, Etienne chamou a atenção para o fato de que uma parte dos pacientes, após contrair covid-19, segue com sintomas por três meses ou mais. Segundo ela, centenas de milhares de pessoas podem desenvolver essa chamada “covid longa”, no quadro atual de grande disseminação da doença pelo mundo.

A diretora da Opas disse que essa é uma questão importante para as Américas. Além disso, comentou que é difícil estimar quantas pessoas são afetadas, já que a condição não tem sido oficialmente reportada. Etienne disse que os pacientes devem receber apoio profissional e a Opas destaca que é preciso reconhecer o problema, trabalhar pela reabilitação dos pacientes e pesquisar o tema.

A melhor maneira de garantir que se evite a covid longa é não pegar a doença, ressaltou Etienne. Segundo ela, o sintoma mais comum dessa condição é um cansaço “longo e persistente”, mas também há pessoas com problemas como falta de fôlego, perda de olfato e do paladar, além de outros problemas respiratórios, cognitivos e sensoriais.

Gabriel Bueno da Costa
Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas