domingo, 14 agosto, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Ucrânia acusa Rússia de bombardear shopping center lotado

Um ataque com mísseis russos atingiu um shopping center lotado na cidade ucraniana de Kremenchuk nesta segunda-feira, 27, matando pelo menos duas pessoas e ferindo outras 20, disseram autoridades ucranianas. O número de vítimas ainda pode aumentar, já que segundo as autoridades, havia ao menos mil pessoas no local no momento do ataque.

“Os ocupantes dispararam um míssil contra um shopping onde havia mais de mil civis. O shopping está em chamas e as equipes de resgate combatem o fogo. O número de vítimas é impossível de precisar”, disse o governador regional Dmitro Lunin no Telegram. “É inútil esperar decência e humanidade da Rússia”, escreveu o presidente ucraniano Volodmir Zelensky no Telegram, onde também informou que havia ao menos mil pessoas no local no momento do ataque.

Imagens divulgadas por Zelensky mostraram um enorme incêndio em um prédio amplo e uma fumaça escura subindo no céu enquanto os espectadores estavam do lado de fora.

Uma operação de resgate estava em andamento e nove dos feridos estavam em estado grave, disse Kirilo Timoshenko, vice-chefe do gabinete presidencial.

Kremenchuk, uma cidade industrial de 217.000 habitantes antes da invasão russa da Ucrânia em 24 de fevereiro, fica no rio Dnipro, na região de Poltava, e é o local da maior refinaria de petróleo da Ucrânia. Não ocorreram ainda declarações da Rússia, que nega atacar civis na Ucrânia.

Ajuda

Em meio à cúpula do G-7, o presidente ucraniano pediu nesta segunda aos líderes ocidentais que forneçam sistemas de defesa antiaérea para sua nação, enquanto as forças russas continuam atacando Lisichansk, a última grande cidade ainda controlada por tropas ucranianas na província oriental de Luhansk.

Os Estados Unidos prometeram fornecer à Ucrânia capacidades avançadas de defesa aérea de médio e longo alcance para ajudar Kiev a resistir às forças de invasão russas, disse o assessor de segurança nacional do presidente Biden.

O conselheiro de segurança nacional americano, Jake Sullivan, disse que as autoridades dos EUA estão “no processo de finalização de um pacote” que incluirá itens vitais como “munição para sistemas de radar de artilharia”.

A Rússia também lançou um ataque com mísseis contra Odessa na noite de domingo, 26, ferindo oito pessoas, incluindo uma criança, disseram autoridades ucranianas locais. O míssil – lançado por um bombardeiro Tupolev TU-22M – atingiu uma área residencial, danificando vários edifícios e dependências, disse o Conselho da Cidade de Odessa no Telegram.

Oito pessoas sofreram ferimentos leves por estilhaços da explosão, incluindo uma criança, acrescentou o conselho. Eles foram atendidos no local e não precisaram ser hospitalizados.

Doze equipes de emergência foram enviadas para a área. Na manhã desta segunda-feira, horário local, o fogo havia sido extinto, e investigadores ucranianos e especialistas em explosivos avaliaram os danos e coletaram evidências. O trabalho também estava em andamento para reparar os danos em uma via no distrito de Primorski, perto da costa do Mar Negro de Odessa. (Com agências internacionais).

Redação
Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas