segunda-feira, 27 junho, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Vítimas de violência recebem apoio de especialistas

A Casa Rosa é um serviço especializado de acolhimento e acompanhamento integral em saúde para pessoas em situação de violência, residentes no município de Vitória

Data escolhida para ser o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, o 18 de maio foi estabelecido oficialmente pela Lei 9.970/2000, em memória à menina Araceli Crespo, de 8 anos de idade, sequestrada, violentada e assassinada em 18 de maio de 1973, em Vitória.

Diariamente crianças e adolescentes são expostos a varias formas de violência nos diversos ambientes por eles frequentados. Em Vitória, há um equipamento público voltado especificamente para o atendimento às mulheres e famílias em situação de violência: a Casa Rosa.

A Casa Rosa é um serviço especializado de acolhimento e acompanhamento integral em saúde para pessoas em situação de violência, residentes no município de Vitória. No local, atua uma equipe multidisciplinar composta por: médico, equipe de enfermagem, serviço social, psicólogo e terapeuta ocupacional.

“Oferecemos atendimento, acompanhamento, orientação e encaminhamentos multidisciplinar direcionado ao cuidado em saúde e proteção, com vistas à ressignificação, superação, reconstrução e fortalecimento de vínculos familiares e atuamos na perspectiva da promoção da saúde, prevenção das violências e assistência”, disse a diretora da Casa Rosa, Clícia Dora Rocha da Silva.

A Casa Rosa atende pessoas em todos os ciclos de vida e suas famílias, que estejam vivenciando situação de violência sexual, física, psicológica, negligências crônicas, dentre outras. Ela foi ambientada de maneira acolhedora e humanizada e tem a borboleta como símbolo, fazendo analogia a metamorfose, visando a transformação na vida das pessoas.

A casa conta com uma brinquedoteca dedicada às crianças e adolescentes.

Atendimento

O serviço funciona de segunda a sexta-feira, de 8h às 17h, por livre demanda ou agendamento programado.

Os encaminhamentos também podem ser realizados por unidades de saúde, delegacias, escolas, Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Centros de Referência de Assistência Social (Cras), Conselho Tutelar, Ministério Público e outros serviços.

A Casa Rosa está localizada na Rua Hermes Curry Carneiro, nº 360, Ilha de Santa Maria.Telefone: (27) 3332-3290.

Violência Sexual

Em 2020, foram registrados 222 casos de violência, sendo 164 casos contra crianças e adolescentes (pessoas até 19 anos), o que representa 73,58% das ocorrências. Dos 164 casos, 92,7% foram vítimas de violência sexual.

Em relação aos dados de 2020, deve-se considerar o contexto da pandemia, onde houve uma queda de 32,8% nas notificações.

Em 2021, foram registrados 2.060 casos de violência, sendo 941 casos contra crianças e adolescentes (pessoas até 19 anos), o que representa 45,6% dos casos. Dos 941 casos, 203 foram vítimas de violência sexual.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas