Na Serra, divórcio ode ser feito através do Whatsapp - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Geral
Na Serra, divórcio ode ser feito através do Whatsapp
Processos relacionados à vara de família podem ser resolvidos pelo aplicativo
Publicado por Redação VitóriaNews

Um processo de divórcio pode ser muito desgastante. Além do luto vivido por quem está deixando uma vida em comum, a situação pode se tornar ainda mais complicada se os envolvidos não tiverem a devida orientação jurídica para resolver a questão de forma rápida e prática.

Na Serra, os processos relacionados à vara da família, como divórcio consensual, pensão alimentícia e guarda de filhos, entre outros temas, podem ser feitos por WhatsApp. O serviço é ofertado pela Casa do Cidadão.

Esse foi o caso do funcionário público, Francisco Lima, que fez todo o processo de divórcio consensual on-line.

“Entrei em contato e fui atendido rapidamente. Enviamos os documentos pelo WhatsApp. Tudo foi feito de forma remota e foi bem rápido. Fiquei muito satisfeito’, pontuou Lima

A secretária de Direitos Humanos da Serra, Gracimeri Gaviorno, ponderou que o acesso à assistência judiciária municipal gratuita é um serviço essencial para cuidar dos cidadãos e cidadãs serranos que mais estão precisando neste momento.

O cidadão também pode fazer o agendamento para o atendimento presencial, no site da Prefeitura ou pelo telefone 3252-7231, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas, ou no e-mail casadocidadao@serra.es.gov.br.

Para ter acesso a essa assistência jurídica, o solicitante deve ser morador da Serra, ter renda familiar mensal de até três salários mínimos (R$ 3.300) e patrimônio até 180 salários mínimos.  

 

Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VitóriaNews.
Notícias Relacionadas