Taxa de ocupação de UTI por pacientes com coronavírus atinge 81,46% na região metropolitana da Grande Vitória - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Geral
Taxa de ocupação de UTI por pacientes com coronavírus atinge 81,46% na região metropolitana da Grande Vitória
Governo do ES já anunciou que não descarta adotar medidas rígidas, como o lockdown
Publicado por Redação VitóriaNews
Arquivo Sesa

Até a noite deste último domingo (24), de um total de 480 leitos de UTI no Espírito Santo destinados ao tratamento de pacientes com o novo coronavírus (Covid-19), haviam 391 ocupados (81,46% do total). O índice chega próximo ao ponto crítico na região metropolitana, onde o Governo do Estado conta com 359 leitos em UTI e há 318 ocupados, o que eleva a ocupação para 88,58%. Ao atingir 91%, o Governo do Estado já anunciou que não descarta adotar medidas rígidas, como o lockdown, onde funcionará apenas os serviços essenciais e a circulação de pessoas será rigidamente monitorada pelo Estado.

No painel de isolamento social divulgado diariamente pelo Governo do Estado, com dados coletados a partir da movimentação de aparelhos celulares, através de um convênio gratuito entre a In Loco Tecnologia da Informação e o Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest), ficou evidenciado que os moradores do Espírito Santo não estão levando a sério a contaminação pelo Covid-19. Na região metropolitana de Vitória o isolamento fica, em média, abaixo dos 50%. Por isso não é descartado pelo Estado adoção de medidas mais severas.

Na região metropolitana, o total de leitos destinados a pacientes com coronavírus é de 748, incluindo 389 em enfermaria, onde 232 estão ocupados (59,64%). No total, a região conta com 748 leitos, sendo que destes 550 possuem pacientes (73,53%). Além da região metropolitana, na Região Norte a taxa de ocupação de UTI alcançou no último boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) a ocupação de 66,67%. De 48 leitos em UTI, 42 estão ocupados (66,67%). Das 30 vagas em enfermaria, 18 estão ocupadas (60,00%). No total, o Norte oferece entre UTI e enfermaria 72 leitos, sendo 46 ocupados (63,89%). 

Em seguida vem a Região Sul, onde o índice de ocupação dos 58 leitos de UTIs é de 63,79%, com 37 ocupados. No Sul do Estado as enfermarias podem acolher 49 pacientes e desse total já há 19 internados (38,78%). O total de leitos para pessoas com Covid-19 no Sul, entre UTI e enfermaria, é de 107, sendo que a ocupação atinge 56 (52,34%). 

A Região Central do Espírito Santo é onde há mais conforto para as autoridades sanitárias, uma vez que a taxa de ocupação das UTIs é de UTI é de 38,10%, onde de um total de 21 leitos são ocupados apenas 8. Nas enfermarias da Região Central há apenas dois pacientes internados para um total de 33 vagas, o que dá uma ocupação de 6.06%. De acordo com a Sesa há  236 pacientes em investigação por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), que ficam em leitos de UTI de isolamento. Ao ser confirmado o diagnóstico, esão levados para unidades de UTI exclusivas para pacientes com Covid-19. Caso sejam descartados no teste PCR-RT ((do inglês reverse-transcriptase polymerase chain reaction), são removidos para outros hospitais.

Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VitóriaNews.
Notícias Relacionadas