Justiça condena 33 por lavagem de dinheiro e tráfico de drogas no táxi - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Geral
Justiça condena 33 por lavagem de dinheiro e tráfico de drogas no táxi
Publicado por Estadão Conteúdo

Trinta e três pessoas foram condenadas a penas que variam de dois anos a 31 de prisão por associação e tráfico de drogas e lavagem de dinheiro na Operação Taxímetro, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público de Minas.

A ação foi deflagrada em setembro de 2018 com apoio das Polícias Civil e Militar e cumpriu 35 mandados de prisão preventiva e 48 de buscas e apreensões.

A Taxímetro mirou organização criminosa que lavava dinheiro obtido no tráfico de drogas por meio de um táxi. O grupo era formado até por integrantes de uma mesma família e atuava nos municípios de Guanhães, São João Evangelista, São Pedro Suaçuí e Serro, no Vale do Rio Doce.

A organização também tinha rastros criminosos em cidades maiores, como Montes Claros, no Norte de Minas, e Belo Horizonte. A Operação Taxímetro é considerada a maior operação do Gaeco na comarca de Guanhães.
X
Olá! Faça seu cadastro no VitóriaNews.
{{app_feedback}}
{{getTitulo}}
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Comentando como
{{dados_login.nome}}
Sair
{{app_feedback_comment}}
{{comentario.nome}}
{{comentario.comentario}}