Alberto Fernández: Seguiremos trabalhando pela união Brasil e Argentina - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Geral
Alberto Fernández: Seguiremos trabalhando pela união Brasil e Argentina
Publicado por Estadão Conteúdo

O presidente eleito da Argentina Alberto Fernández afirmou nesta manhã, durante o 2º Encontro Grupo de Puebla, que a união entre o Brasil e o seu país é indissolúvel e que nada será capaz de rompê-la. "Seguiremos trabalhando por essa unidade entre os dois países e também pela unidade da América Latina", disse Fernández.

O presidente eleito também afirmou que "novos ventos sopram no Brasil" com a soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Estou feliz pela liberdade de Lula e com mais confiança que nunca: vamos mudar a América Latina", disse. "Somos filhos da democracia", acrescentou.

Em seu discurso, Fernández defendeu que "não é uma utopia" viver em um continente igualitário e que Lula começou a desconstruir a desigualdade no Brasil. "Lula pôs 50% da população na classe média", disse. O presidente eleito disse que ninguém vive em paz com a consciência diante da crescente desigualdade social que existe em países latino-americanos.

Fernández afirmou que tem tido conversas com lideranças do continente e que a situação atual no Brasil não é muito diferente do que se passa na Argentina, Equador e em outros países da região. "Outro dia estive com Andrés Manuel López Obrador. É o primeiro presidente do México a olhar para a América Latina", disse Fernández, defendendo a união dos países latinos por uma agenda em comum.

O Grupo de Puebla, formado por dezenas de líderes latino-americanos, realiza desde ontem em Buenos Aires, seu segundo encontro. À mesa juntamente com Fernández, estavam a ex-presidente do Brasil, Dilma Rousseff, e o ex-ministro Aloízio Mercadante.
X
Olá! Faça seu cadastro no VitóriaNews.
{{app_feedback}}
{{getTitulo}}
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Comentando como
{{dados_login.nome}}
Sair
{{app_feedback_comment}}
{{comentario.nome}}
{{comentario.comentario}}