Lucro líquido da BR Properties sobe 21% no 3º trimestre - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Geral
Lucro líquido da BR Properties sobe 21% no 3º trimestre
Publicado por Estadão Conteúdo

A operadora de imóveis comerciais BR Properties teve lucro de R$ 107,932 milhões no terceiro trimestre de 2014, crescimento de 21% em relação ao registrado no mesmo período do ano passado, de acordo com balanço divulgado nesta segunda-feira, 3, pela companhia.

O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) chegou a R$ 226,222 milhões, queda de 6% na comparação entre os mesmos períodos. A margem Ebitda cresceu 17 pontos porcentuais, para 118%.

O Ebitda ajustado, que considera oscilações no valor justo de propriedade para investimento e provisões para bônus e opção de ações, foi de R$ 170,671 milhões, recuo de 21%. A margem do Ebitda ajustado caiu 2 pontos porcentuais, para 89%.

A receita líquida totalizou R$ 191,193 milhões, baixa de 19%. A retração na receita é explicada pela perda de faturamento com aluguel em função das vendas de propriedades ocorridas nos últimos 12 meses.

Por outro lado, a BR Properties finalizou em setembro a segunda tranche da venda de seu portfólio industrial para a Global Logistic Properties (GLP) pelo valor de R$ 92,1 milhões. Serão mantidos no portfólio os ativos industriais remanescentes, que têm 361 mil metros quadrados de área bruta locável (ABL), incluso o recém-entregue Galpão Gaia Ar Tucano.

A companhia concluiu também a venda da totalidade das cotas do Fundo de Investimento Imobiliário Comercial Progressivo II ao Capital Brasileiro de Empreendimentos Imobiliários Ltda. pelo valor de R$ 606,7 milhões. O fundo é composto por 98,7 mil metros quadrados de lojas de varejo e 13,9 mil metros quadrados de imóveis corporativos.

A BR Properties pré-pagou uma debênture de R$ 500,0 milhões que venceria em dezembro de 2014 com os recursos da venda do fundo e tomou um empréstimo de R$ 28,8 milhões para o financiamento do projeto de desenvolvimento do Galpão Gaia Ar - Tucano.
X
Olá! Faça seu cadastro no VitóriaNews.
{{app_feedback}}
{{getTitulo}}
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Comentando como
{{dados_login.nome}}
Sair
{{app_feedback_comment}}
{{comentario.nome}}
{{comentario.comentario}}