Bolsas em NY fecham sem direção única - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Geral
Bolsas em NY fecham sem direção única
Publicado por Estadão Conteúdo

As bolsas de Nova York fecharam sem direção única nesta segunda-feira, 3, com ações do setor de energia pressionadas pela forte queda dos preços do petróleo no mercado internacional. Mais cedo as bolsas haviam subido e os índices Dow Jones e S&P 500 chegaram a atingir novos recordes em meio a certo otimismo dos investidores com a saúde da economia global.

O Dow Jones fechou em baixa de 24,28 pontos (0,14%), aos 17.366,24 pontos. O S&P 500 encerrou a sessão praticamente estável, com declínio de 0,24 ponto (0,01%), aos 2.017,81 pontos. Já o Nasdaq subiu 8,17 pontos (0,18%), para 4.638,91 pontos.

O recuo das ações de energia ocorreu depois que a Arábia Saudita informou que vai cortar o preço que cobra pelo petróleo que vende para os EUA, o que sugere que o reino está tentando concorrer com o óleo de xisto explorado em solo norte-americano. O contrato de petróleo para dezembro negociado na Nymex caiu 2,2% e fechou a US$ 78,78 por barril, o fechamento mais baixo desde junho de 2012.

"Energia é uma das coisas sobre as quais as pessoas mais falaram hoje", comentou Michael Antonelli, operador da corretora Robert W. Baird. As ações da Chevron terminaram o dia com queda de 2,64%, ExxonMobil recuou 1,50% e Occidental Petroleum perdeu 2,01%.

Por outro lado, o anúncio do Banco do Japão (BoJ), na semana passada, de que vai expandir seus esforços de estímulo econômico sustentou os ganhos em Wall Street no início da sessão. Além disso, as expectativas para o relatório mensal de emprego dos EUA que será divulgado na sexta-feira são boas. Analistas ouvidos pelo Wall Street Journal esperam que a economia norte-americana tenha criado 233 mil vagas no mês passado.

Também contribuiu para o avanço das bolsas no começo da sessão o índice de atividade do setor de manufatura dos EUA medido pelo Instituto para Gestão de Oferta (ISM, na sigla em inglês), que subiu para 59,0 em outubro, de 56,6 em setembro. Analistas consultados pela Dow Jones Newswires previam queda do indicador, para 56,0.

No entanto, também houve dados negativos. O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor industrial dos EUA caiu para 55,9 em outubro, de 57,5 em setembro, segundo pesquisa divulgada pela Markit. Os investimentos em construção recuaram 0,4% em setembro ante agosto, segundo o Departamento do Comércio, contrariando a previsão de alta de 0,8%.
X
Olá! Faça seu cadastro no VitóriaNews.
{{app_feedback}}
{{getTitulo}}
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Comentando como
{{dados_login.nome}}
Sair
{{app_feedback_comment}}
{{comentario.nome}}
{{comentario.comentario}}