Atlético-MG afasta Jô, André e lateral por indisciplina - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Geral
Atlético-MG afasta Jô, André e lateral por indisciplina
Publicado por Estadão Conteúdo

Em meio a uma semana decisiva na Copa do Brasil, na qual define uma vaga na decisão diante do Flamengo na quarta-feira, o Atlético-MG ganhou mais uma dor de cabeça. Ou melhor, três. Nesta segunda-feira, a diretoria do clube anunciou o afastamento de três jogadores do elenco por indisciplina. São eles: o lateral-esquerdo Emerson Conceição e os atacantes André e Jô.

De acordo com o diretor de futebol Eduardo Maluf, os atletas cometeram um ato de indisciplina após a derrota por 1 a 0 para o Atlético-PR, no último domingo, em Curitiba, pelo Campeonato Brasileiro. O dirigente não revelou o que aconteceu, mas confirmou que os jogadores não fazem mais parte dos planos do clube e não devem mais atuar com a camisa alvinegra.

"Três atletas cometeram indisciplina grave. Em contato com o presidente (Alexandre Kalil) e reunião com Levir (Culpi), definimos que esses jogadores não fazem mais parte do elenco. Da parte disciplinar, não abrimos mão. Foi uma atitude muito inconveniente", declarou Maluf.

O dirigente explicou que passou o caso ao departamento jurídico do Atlético-MG, que avaliará o contrato de cada um dos atletas para ver as medidas a serem tomadas. "Eles estão afastados, entregues ao departamento jurídico. Não fazem mais parte do grupo. Têm contrato, então temos deveres e eles têm obrigações a cumprir. Vamos ver o que vamos fazer."

O caso de Jô foi o que mais chamou a atenção, uma vez que o jogador já havia sido afastado do elenco atleticano e só foi reintegrado há menos de duas semanas. Na época, o atacante chegou a desaparecer do clube, mas alegou estar passando por problemas particulares e recebeu uma segunda chance da diretoria.

Os três atletas possuem contratos com término previsto para o decorrer de 2016, mas estes vínculos devem ser rompidos nos próximos dias. Se não quis determinar a gravidade da ação dos jogadores, que gerou uma medida tão enérgica da diretoria, Eduardo Maluf garantiu que não se tratou apenas de uma simples fuga do hotel na madrugada.

"Fomos jogar em Curitiba no domingo. Dentro do nosso planejamento, nós jantaríamos no restaurante do Levir. Foi toda a delegação e comissão técnica. Saímos de lá por volta de 1h30 e três atletas cometeram uma indisciplina grande de volta ao hotel, infringindo uma norma disciplinar do clube. Eles não voltaram tarde. Eles retornaram ao hotel com a delegação e cometeram essa indisciplina dentro do hotel", explicou.
X
Olá! Faça seu cadastro no VitóriaNews.
{{app_feedback}}
{{getTitulo}}
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Comentando como
{{dados_login.nome}}
Sair
{{app_feedback_comment}}
{{comentario.nome}}
{{comentario.comentario}}