domingo, 26 junho, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Trabalhadores demitidos da GM decidem reforçar mobilizações

Os trabalhadores demitidos pela General Motors (GM), em São José dos Campos, interior paulista, fizeram hoje (8) uma assembleia e decidiram fortalecer as mobilizações contra as demissões anunciadas em dezembro pela montadora. Em seguida, partiram em passeata até a prefeitura para protestar. Segundo informações do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, filiado à Conlutas, o vice-prefeito deve receber o sindicato, que protocolará um pedido de apoio à suspensão das demissões.

Na sexta-feira (10), representantes do sindicato reúnem-se com a GM na Superintendência Regional do Trabalho, na capital paulista, para discutir o tema. O sindicato reivindicará a suspensão imediata das demissões, estabilidade no emprego para todos os trabalhadores da GM e investimentos na fábrica de São José dos Campos. Os trabalhadores decidiram na assembleia que acompanharão o sindicato e farão protestos em frente ao local do encontro.

Na terça-feira (7), o sindicato protocolou uma ação na Seção de Dissídios Coletivos do Tribunal Regional do Trabalho – 15ª Região, em Campinas, para requerer a suspensão das demissões. Em reunião na segunda-feira (6) com o ministro do Trabalho, Manoel Dias, o sindicato cobrou do governo federal providências para proibir demissões por empresas que tenham sido beneficiadas por incentivos fiscais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas