Secretário da Fifa, Jérôme Valcke visita Itaquerão - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Geral
Secretário da Fifa, Jérôme Valcke visita Itaquerão
Publicado por Editoria O GLOBO

SÃO PAULO e CUIABÁ - A Fifa recebeu 10 milhões de pedidos de ingressos para a Copa no Brasil, que será realizada este ano. O volume é recorde, de acordo com o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, que desembarcou no Brasil nesta segunda-feira para inspecionar as obras dos estádios das cidades-sedes. O primeiro visitado foi a Arena Corinthians, o Itaquerão, na Zona Leste da capital paulista. Depois, Valcke esteve na Arena Pantanal, em Cuiabá.

- Estamos satisfeitos com o que vimos hoje. Ainda não posso dar uma nota ao Brasil porque esta é a minha primeira visita. Mas temos uma boa equipe aqui em São Paulo - falou Valcke.

O secretário geral da Fifa chegou ao estádio com 50 minutos de atraso e permaneceu no gramado por cerca de 5 minutos. No total, a sua visita não durou mais que 20 minutos.

O secretário estava acompanhado do ministro de Esportes Aldo Rebelo; do coordenador das obras do Itaquerão e ex-presidente do Corinthians, Andrés Sanchez; da vice-prefeita de São Paulo, Nádia Campeão; do secretário do Planejamento do governo de São Paulo, Julio Semeghini, além dos craques Bebeto e Cafú. José Maria Marin, presidente da CBF, com presença confirmada, não apareceu no evento.

A data oficial de entrega do Itaquerão era hoje, dia 20 de janeiro. O acidente ocorrido em novembro nas obras, e que procovou a morte de dois operários, no entanto, atrasou a conclusão. Andrés Sanchez garantiu que 97% do cronograma de engenharia já está cumprido e que a entrega do Itaquerão será feita dia 15 de abril.

- Como vocês têm acompanhado, alguns com notícia errada, plantando, outros não, o estádio está 97% pronto. Até o fim do mês, tiramos a peça danificada e, como vocês sabem, no máximo em 15 de abril será a inauguração oficial. Em maio faremos os eventos-teste de mobilidade e de segurança, como a Fifa exige - disse Sanchez.

Em Cuiabá, Jérôme Valcke demonstrou preocupação com o estado do gramado da Arena Pantanal, que foi plantado há 44 dias e ainda está visivelmente cheio de falhas.

- Aqui em Cuiabá ainda falta resolver o problema dos assentos e o do gramado - disse Valcke ao comentar que foram colocadas no estádio apenas 40 de 40 mil cadeiras previstas.

O governador do Mato Grosso, Silval Barbosa, garantiu que o problema do gramado será resolvido.

- Não vamos errar por esse detalhe. Quando começamos a fazer o estádio. Fomos ver o que havia de melhor no mundo em relação a gramados.

Valcke frisou que o Brasil está "a quatro meses e três semanas" da abertura da Copa, mas ponderou que "apesar de hoje ser a data de entrega do estádio, infelizmente ocorreu um acidente e ele ainda não está pronto". Perguntado sobre se com o atraso seria possível realizar os eventos-testes, o secretário disse que sim e que fará existir "eventos-teste com vários níveis de capacidade".

- Temos uma equipe forte e toda torcida corintiana dentro do estádio para testá-lo. Será o melhor público para testar a capacidade do estádio - disse o francês.

O ministro Rebelo aproveitou para garantir que essa será "a Copa das Copas, no país do futebol, no país cinco vezes campeão do mundo".

Antes de chegar ao Itaquerão, o francês se reuniu com o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, e um representante do governo do Estado. Valcke contou que a reunião foi produtiva, mas não deu mais detalhes. Questões como ausência do sinal do celular no estádio e também o pequeno número de equipamentos de segurança para todos os membros da imprensa não foram feitas por falta de tempo.

Com agenda cheia, Valcke ficará quatro dias no Brasil e visitará cinco cidades. Amanhã, o secretário-geral da Fifa vai para Curitiba, e não mais para Manaus como inicialmente marcado. Na capital paranaense, ele também se encontrará com o prefeito Gustavo Fruet e seguirá para a Arena da Baixada.

O ponto alto da sua visita ao Brasil será na quarta-feira, quando irá, acompanhado da presidente Dilma Rousseff, inaugurar a Arena das Dunas, em Natal e uma das 12 sedes da Copa do Mundo, que acontecerá entre os dias 12 de junho e 13 de julho.

Na quinta-feira, Valcke irá ao Rio para conhecer um projeto social, encerrando sua visita de inspeção da estrutura brasileira para o Mundial.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VitóriaNews.