quarta-feira, 29 junho, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Polícia gaúcha inicia operação contra desvio de dinheiro público

SÃO PAULO – A Polícia Civil do Rio Grande do Sul deflagrou na manhã desta quinta-feira a operação Kilowatt para combater crimes licitatórios e contra a administração pública. A investigação, que já tem cerca de um ano, apurou superfaturamento em obras públicas e desvios que podem chegar a R$ 12 milhões. Oito pessoas, sendo quatro servidores públicos e quatro empresários, já foram presas. E 33 mandados de busca e apreensões em órgãos públicos e empresas foram feitos hoje.

De acordo com a Polícia, o esquema teria sido iniciado em 1998. Os quatro servidores públicos presos atuavam na Região do Vale do Sinos e eram fiscais de obras contratadas pelo governo do Estado. Basicamente, esses fiscais inseriam em seus relatórios um status de obra que não condizia com a realidade. Mal executadas, a um custo menor do previsto em contrato assinado com o governo, a diferença do orçamento era embolsada pelos envolvidos.

A operação foi batizada de Kilowatt porque a investigação começou a partir da suspeita de superfaturamento em uma obra de rede elétrica. Já foram contatados, porém, problemas em outras áreas, como educação e saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas