sábado, 2 julho, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Papa abençoa papagaio após incidente com pombas

VATICANO – Depois do incidente com uma pomba, que após ser libertada pelo Papa foi atacada por uma gaivota, no domingo, Francisco parece ter feito as pazes com o reino das aves. Nesta quarta-feira, ele abençoou um papagaio verde chamado Amore a pedido de seu dono, Francesco Lombardi. A ave repetia a palavra “Papa” quando a multidão gritava seu nome, na Praça do Vaticano.

No domingo, o Pontífice e algumas crianças soltaram pombas da paz durante uma oração pelas vítimas da violência e pela paz na Ucrânia. O ataque de uma das aves, diante de dezenas de milhares de fiéis, ocorreu durante a tradicional oração do Ângelus, na Praça São Pedro. Na terça-feira, grupos de defesa dos direitos dos animais pediram que Francisco acabe com a prática de soltar pombos das janelas do Vaticano durante cerimônias religiosas. A Federação de Associações em Defesa dos Direitos dos Animais e do Meio Ambiente também enviou carta ao chefe da Igreja Católica solicitando que a prática seja revista.

No discurso desta quarta-feira, o Papa criticou a “ferida desumana e anticristã” da usura, que mergulha os mais pobres em dificuldades dramáticas.

– Quando uma família não tem o que comer, porque tem de pagar juros a usurários, isso não é cristão, não é humano! – exclamou em italiano durante a audiência geral semanal. É um mal social.

Durante o Angelus no domingo passado, Francisco já havia mencionado a máfia, expressando sua emoção após o assassinato de uma criança, Coco, de 3 anos, cujo corpo foi encontrado dentro de um carro queimado, vítima de um acerto de contas entre traficantes de drogas na Calábria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas