domingo, 26 junho, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Otimismo dos empresários da industria recua em janeiro, aponta CNI

BRASÍLIA – Os empresários da indústria começaram 2014 menos otimistas. O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI), divulgado nesta quarta-feira pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), marcou 53,1 pontos em janeiro (valores acima de 50 indicam otimismo), mas caiu 1,2 ponto ante dezembro e recuou 3,6 pontos em comparação a janeiro de 2012. Esse é o menor nível de otimismo desde julho de 2009, desconsiderando os meses de julho e agosto do ano passado, quando a confiança dos empresários foi influenciada pelas manifestações populares.

O indicador é dividido entre a percepção dos empresários sobre a situação atual da empresa e da economia e as perspectivas para os próximos seis meses. A percepção dos empresários sobre a condição atual das empresas e da economia é pessimista, com 45 pontos, o que indica que a situação piorou na comparação com os seis meses anteriores.

– A confiança do empresários sobre as condições do negócios foram afetadas por várias notícias ruins: a inflação persistente, o aumento das taxas de juros e a maior preocupação com as contas do governo – afirma o economista da CNI, Marcelo Azevedo.

A expectativa para os próximos seis meses recuou para 57,2 pontos. Mesmo permanecendo acima da linha divisória de 50 pontos, o indicador mostra que os industriais estão menos otimistas com o futuro.

– Isso pode ter reflexos no ânimo dos empresários para investir e prejudicar o desempenho da economia – explica o economista da CNI.

Segundo a CNI, foram ouvidas 2.330 empresas de todo o país para a pesquisa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas