domingo, 26 junho, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Obama nomeia almirante da Marinha para comandar a NSA

WASHINGTON – Um almirante da Marinha foi nomeado pelo presidente Barack Obama para ser o novo diretor da Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês), que está envolta por polêmicas após a revelação de seus programas de espionagem a cidadãos de todo o mundo. O vice-almirante Michael Rogers, que vai substituir o general do Exército Keith Alexander, terá o desafio de reestruturar a forma como a agência coleta e armazena seus dados. Alexander planeja se aposentar em meados de março.

Michael Rogers é chefe do comando cibernético da Marinha e ex-diretor de inteligência do Estado Maior. Ele também foi indicado para receber uma quarta estrela e para dirigir o Cibercomando dos Estados Unidos.

A NSA tornou-se o centro de polêmicas de espionagem após o ex-técnico da CIA Edward Snowden revelar detalhes dos programas de monitoramento a milhões de pessoas nos Estados Unidos e em todo mundo, incluindo líderes e empresas.

Rogers tem sido considerado o candidato mais adequado para a posição. Em um comunicado na quinta-feira, o secretário de Defesa, Chuck Hagel, disse que está confiante de que Rogers “tem a sabedoria para ajudar a equilibrar os requisitos de segurança, privacidade e liberdade em nossa era digital”.

“Este é um momento crucial para a NSA, e o vice-almirante Rogers vai trazer qualidades extraordinárias e únicas a esta posição, enquanto a agência continua a sua missão vital e implementa as reformas do presidente Obama”, disse Hagel .

O diretor de Inteligência Nacional, James Clapper, descreveu Rogers em um comunicado como um dedicado funcionário dos serviços de inteligência que compreende profundamente as ciberoperações, o que o torna singularmente qualificado para dirigir a NSA e as missões do Cibercomando dos Estados Unidos.

A nomeação de Rogers para chefiar o Cibercomando ??requer a confirmação do Senado, já o cargo na NSA, não. Mas a indicação certamente será abordada nas audiências de ratificação na casa legislativa, quando os senadores deverão expor suas frustrações com os programas de espionagem e exigirão que o novo chefe exponha sua visão sobre como conduzirá a agência.

O presidente anunciou na semana passada medidas para restringir os programas da NSA e proibiu a espionagem de líderes aliados dos Estados Unidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas