terça-feira, 28 junho, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Minoritários da ex-OGX entram com processo contra Pedro Malan

RIO – Um grupo de minoritários da Óleo e Gás Participações (ex-OGX), que foi controlada pelo empresário Eike Batista, entrou, na última sexta-feira com uma ação contra o ex-ministro da Fazenda e ex-membro independente do Conselho da empresa Pedro Malan. A ação, protocolada na Justiça Federal do Rio, também inclui Eike e a Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

É a segunda ação do grupo de acionistas da ex-OGX contra o empresário, desde o início da crise da petroleira, deflagrada em meados do ano passado, após a companhia anunciar a inviabilidade de três campos de petróleo, contrariando declarações mais otimistas feitas anteriormente. É o primeiro processo, no entanto, contra um membro do Conselho.

Para o economista Aurélio Valorto, um dos integrantes do grupo de acionistas, Malan, que deixou o conselho em meio à crise, foi negligente ao não identificar os problemas da empresa.

– Não acredito que o Malan estivesse envolvido diretamente. Ele foi omisso, não sabia nem o que se passava na empresa. Mas como membro do Conselho ele tinha que acompanhar de perto. Ele era os olhos e os ouvidos dos minoritários – afirmou Valorto.

O grupo de empresas planeja mover mais processos nas próximas semanas, contra outros membros do conselho, Ellen Gracie, ex-ministra do Supremo Tribunal Federal e Rodolpho Tourinho, ex-ministro de Minas e Energia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas