sábado, 2 julho, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Mediador da ONU terá conversas separadas com delegações rivais sírias

MONTREUX – O mediador da ONU para as negociações de paz síria, Lakhdar Brahimi, terá conversas separadas com delegações rivais para avaliar a disposição de ambas as partes para dialogar. No primeiro dia da conferência Genebra II, na cidade suíça de Montreux, na quarta-feira, representantes do presidente sírio, Bashar al-Assad ,e da oposição trocaram acusações sem demonstrar confiança mútua, evidenciando a dificuldade de se chegar a um acordo para pôr fim a uma guerra que já deixou cerca de 130 mil mortos.

A iniciativa de Brahimi ocorre antes do início das negociações, marcada para sexta-feira. Ainda não está claro se os dois lados vão negociar cara a cara – conforme planejado pela ONU. O correspondente da BBC Bridget Kendall em Montreux destaca o fato de que, embora o processo de paz tenha tido um começo difícil, pelo menos nenhuma das duas delegações rivais do governo e da oposição deixaram a conferência.

Durante a reunião, o chanceler sírio, Walid al-Muallem, sinalizou que a Síria poderia resistir às tentativas de estabelecer um governo de transição, conforme acordado na conferência de 2012 – Genebra I – e exigido pela oposição. Muallem disse que cabe ao povo definir o destino da Síria e do presidente Assad.

O representante da oposição Anas al-Abdah, no entanto, advertiu que se o governo sírio não aderir aos termos de Genebra I, não haverá uma linha ou um ponto de referência para as negociações. Ambos os lados se acusaram mutuamente de terrorismo e cometer crimes contra a humanidade.

Apesar de ser considerada o maior esforço diplomático internacional para pôr fim ao conflito, a conferência Genebra II começou com pessimismo. A possibilidade de cessar-fogo a curto ou médio prazo é quase inexistente, já que os representantes da oposição nas negociações não têm controle sobre os combatentes dentro do país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas