quarta-feira, 29 junho, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Mais um ônibus é depredado em São Paulo e um suspeito é preso

São Paulo – Mais um ônibus foi depredado em São Paulo. O caso aconteceu na noite de quinta-feira, por volta das 22h30, no Jardim Arpoador, zona oeste de São Paulo. Quatro homens teriam parado o veículo e ordenado que os passageiros descessem do ônibus. Com pedras, o grupo estilhaçou três janelas do coletivo. A polícia informou ter chegado ao local antes que o ônibus fosse incendiado. Um suspeito de participar do ataque foi preso.

De acordo com a São Paulo Transportes (SPTrans) e da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), do início de janeiro até o final da tarde de quinta-feira, 126 ônibus foram atacados na capital, sendo que 34 foram incendiados. Na quinta-feira, o secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto, acusou a Polícia Militar de ser “passiva” em relação às depredações dos coletivos.

– Nós temos avisado à Polícia Militar de tudo o que acontece no sistema de transporte na cidade de São Paulo de imediato. Então, ela tem seus mecanismos e a gente observa que ela tem sido passiva nessa coisa de inibir e fazer com que esse tipo de atitude não aconteça- disse o secretário de Transportes.

A queixa de Tatto foi rebatida pelo secretário estadual de Segurança Pública, Fernando Grella Vieira. O secretário de Segurança não descarta que as depredações sejam atos coordenados pelo crime organizado.

– O problema é muito mais sério do que querer atribuir, sob aspecto político, a responsabilidade por esses eventos. Estamos querendo investigar a fundo e vamos chegar ao esclarecimento desses fatos. Não são fatos que aparentam ser isolados- disse Grella.

O “Bom Dia Brasil” da manhã desta sexta-feira informou que motoristas e cobradores têm se afastado do trabalho por medo da violência. O jornal calcula ainda que, esta semana, 500 mil usuários foram afetados pelos ataques. Durante a semana, 16 pessoas foram detidas pelas depredações, sendo que dez são menores de idade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas