segunda-feira, 27 junho, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

JPMorgan terá de pagar mais de US$ 2 bi para encerrar ‘caso Madoff’

NOVA YORK – O banco americano JPMorgan terá de pagar mais de US$ 2 bilhões em multas e penalidades, por ter falhado em reportar atividades suspeitas envolvendo o operador de investimentos Bernard Madoff, que conduziu uma das maiores fraudes da história de Wall Street, descoberta em 2008. O valor é o mais alto pago por um banco em casos de fraudes nos EUA e livra a instituição de processos criminais, desde que a companhia se comprometa a reformular suas práticas.

De acordo com a decisão tomada por procuradores federais nesta terça-feira, o JPMorgan terá de pagar US$ 1,7 bilhão em multas. O dinheiro será revertido para as vítimas da fraude, que abalou Wall Street nos últimos anos. Além da penalidade, a instituição terá de pagar US$ 350 milhões para o Escritório do Controlador da Moeda (OCC, na sigla em inglês), US$ 325 milhões para Irving Picard, administrador da concordata de Madoff e US$ 218 milhões em outros processos judiciais.

Bernard Madoff foi condenado a 150 anos de prisão em 2009. Em comunicado, os procuradores afirmam que o JPMorgan tinha acesso suficiente para desmascarar o esquema fraudulento, já que as atividades eram realizadas, na maioria, por meio de contas do banco.

Com a decisão, o maior banco dos EUA já acumula cerca de US$ 20 bilhões em acordos com o governo para encerrar investigações sobre fraudes. Em novembro, o JP Morgan concordou em pagar US$ 13 bilhões para solucionar acusações sobre bônus de hipoteca. Em comunicado, o banco admitiu que “poderia ter feito um trabalho melhor” para alertar investidores sobre o esquema de Madoff.

“Reconhecemos que poderíamos ter feito um trabalho melhor, juntando as várias peças de informação e suspeitas sobre Madoff de diferentes partes do banco ao longo do tempo. Não acreditamos que nenhum funcionário do JPMorgan tenha deliberadamente ajudado o esquema Ponzi de Madoff. O esquema de Madoff foi uma fraude sem precedentes que iludiu milhares de pessoas, inclusive nós, e causou sofrimento e perdas substanciais a muitas pessoas”, afirmou o banco.

O acordo também encerrará outro inquérito sobre o JPMorgan, que responde a outras oito investigações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas