quarta-feira, 18 maio, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Imagens mostram caminhão circulando com a caçamba levantada na Linha Amarela

RIO – Imagens divulgadas pela concessionária Lamsa, responsável pela Linha Amarela, mostram o momento em que o caminhão basculante derrubou a passarela que provocou pelo menos quatro mortes na manhã desta terça-feira. As imagens revelam que o veículo, que circulava em horário proibido na via, trafegava com a caçamba levantada.

Mais cedo, em entrevista no Centro de Operações Rio, o secretário de Transportes, Carlos Roberto Osorio, afirmou que o caminhão não poderia estar circulando dessa forma na via.

– Estamos buscando todas as imagens para ver se ele já entrou na via com a traseira levantada ou se levantou depois. É uma flagrante irregularidade, ele não poderia estar circulando desse jeito de forma alguma – comentou Osorio: – Essa é uma manhã muito difícil no Rio de Janeiro.

O caminhão seria da empresa Arco da Aliança, que de acordo com o site da prefeitura seria credenciada pela Comlurb. Procurada pelo GLOBO, a empresa não quis se pronunciar, mas informou que enviou um advogado e outro representante para o local. Já a assessoria do prefeito Eduardo Paes disse que o veículo não presta serviço para a prefeitura, mas é autorizado para fazer a coleta particular de lixo.

Motorista da Linha 315 (Recreio-Central), Antonio Carlos da Silva, disse que viu o momento exato do acidente. Ele conta que ainda tentou avisar ao motorista que a caçamba estava levantada:

– Ele estava correndo muito e não deu tempo de avisar. Só tive tempo de frear e assistir toda a tragédia. Parecia guerra. Vi quando os dois carros foram esmagados pela passarela, e uma senhora que passava em cima voou longe – contou o motorista.

Pelo menos quatro pessoas morreram e cinco ficaram feridas quando o caminhão derrubou uma passarela na Linha Amarela, altura de Pilares. Um táxi placa KPP 5943, um Palio placa KWH 1367 e uma moto foram esmagados na queda da estrutura.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas