quinta-feira, 7 julho, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Hollande cita momentos difíceis, mas se nega a falar sobre suposto affair

PARIS – O presidente da França, François Hollande, citou momentos difíceis entre ele e a primeira-dama Valérie Trierweiler, mas se negou a falar nesta terça-feira sobre seu suposto affair com a atriz Julie Gayet. Ele disse ainda que explicaria o estado de saúde de Valérie, hospitalizada desde sexta-feira, antes de viajar para Washington, em fevereiro.

– Todo mundo em sua vida pessoal pode passar por momentos difíceis e esse é o nosso caso. São momentos dolorosos – afirmou Hollande em coletiva de imprensa, diante de cerca de jornalistas franceses e estrangeiros. – Eu tenho um princípio: assuntos privados devem ser tratados em particular. Este não é o momento, nem o lugar para fazer isso.

O tabloide britânico “Closer” publicou na sexta-feira uma série de fotos que comprovariam o suposto romance. No mesmo dia, após sofrer um “choque emocional”, Valérie Trierweiler foi hospitalizada, segundo sua porta-voz. Ela continuará no hospital por mais uma semana.

Os franceses inicialmente minimizaram o suposto caso, mas analistas afirmam que a hospitalização da primeira-dama torna o escândalo grave, e deve prejudicar ainda mais a imagem de Hollande, que vem sofrendo uma série de quedas de popularidade. Hollande nunca se casou, mas vive com Valérie desde 2007.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas