domingo, 26 junho, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Governo turco demite 350 policiais por corrupção

ANCARA – A Turquia destituiu 350 policiais de seus postos na capital Ancara por um escândalo de corrupção que atinge pessoas próximas ao governo, informaram as autoridades nesta terça-feira, no mais recente episódio que demonstra a queda de braço entre o Executivo e o Judiciário turco. Eles serão substituídos por funcionários principalmente de fora da cidade.

A medida do governo se soma a outras semelhantes, embora de menor envergadura, desde que o Judiciário lançou em 17 dezembro uma ampla operação de detenções sob acusação de corrupção, o que levou à prisão preventiva de aliados do primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan, incluindo filhos de dois ministros.

De acordo com analistas locais, as demissões visam a enfraquecer a influência de Fethullah Gulen, um pregador islâmico no exílio nos Estados Unidos, cujos seguidores são especialmente numerosos nas forças de segurança e no sistema judiciário.

O primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan atribuiu a operação anticorrupção a uma conspiração contra o seu governo e prometeu erradicar as “gangues que operam sob o pretexto da religião” para estabelecer um Estado paralelo. O primeiro-ministro acusou o Judiciário e a polícia de “trama sujo”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas