sexta-feira, 24 junho, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Ferrari homenageia Schumacher no dia em que alemão faz 45 anos

RIO – Michael Schumacher tinha planos de comemorar o seu aniversário de 45 anos na casa que tem em Méribel, nos Alpes franceses. Mas o grave acidente em que se envolveu quando esquiava no local, acabaram com a festa e deixaram o alemão entre a vida e a morte no Centro Hospitalar Universitário de Grenoble, na França. Enquanto o piloto permanece em coma induzido após passar por duas cirurgias na cabeça, torcedores da Ferrari, escuderia pela qual o alemão conquistou cinco dos seus sete títulos entre 2000 e 2004, organizaram uma vigília silenciosa nesta sexta-feira, dia do aniversário do alemão, na porta do hospital francês.

Usando camisas da Ferrari, eles levaram bandeiras e mensagens de pronta recuperação do alemão, internado desde o acidente de domingo passado. O alemão também recebeu a visita da esposa Corinna, que tem ido diariamente ao hospital, do irmão Ralf, também ex-piloto da Fórmula-1, e do pai Rolf.

Também nesta sexta-feira, a Ferrari divulgou uma mensagem em homenagem ao ex-piloto, desejando que ele fique bem e se recupere. Schumacher continua em estado crítico, mas estável, seguno as últimas informações divulgadas pela assessora e porta-voz da família, Sabine Kehm.

“Toda a Ferrari, a começar pelo presidente Luca di Montezemolo e o diretor da equipe, Stefano Domenicali, que estão em permanente contato com a família de Michael e seus parentes mais próximos, está constantemente acompanhando a evolução da situação dele. Obviamente, hoje temos uma dupla razão para desejar a ele o melhor. Força Michael!”

Em homenagem ao alemão, a escuderia publicou em seu site uma fotogaleria com 72 imagens de momentos marcantes desde a sua chegada, em 1996, até o adeus, em 2006.

“Hoje é um dia especial para a Ferrari e seus torcedores, pois é aniversário de Michael Schumacher. No momento, ele está disputando a mais importante batalha da sua vida e gostariamos de lhe mandar desejos muito especiais. Tivemos muitos momentos incríveis quando estivemos juntos e escolhemos 72. Não é um número qualquer, representa o número de vitórias que Michael obteve na escuderia de 1996 a 2006: 72 GPs, que nos deu e aos milhões de torcedores no mundo inteiro muito prazer. Estes foram momentos inesquecíveis, que, com a sua paixão, comprometimento e dedicação, fez de Michael parte da grande família da Ferrari para sempre”.

Na carreira, Schumacher conquistou 91 vitórias e ainda venceu mais dois títulos pela Bennetton em 1994 e 1995.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas