terça-feira, 28 junho, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Empresário morre em batida de lanchas em São Paulo

SÃO PAULO – Um empresário morreu depois que duas lanchas bateram em uma praia da cidade de Caraguatatuba, litoral norte de São Paulo, na quinta-feira.

Segundo a Capitania dos Portos, a maior das duas lanchas, chamada Black Diamond, saiu da praia de Tabatinga em direção à praia de Martins de Sá. A lancha menor, chamada Mar e Moto, partiu da praia da Cocanha para a Ilha do Tamanduá, fazendo um percurso que cruzava o feito pela outra lancha. As duas embarcações bateram a 2 quilômetros da faixa de areia da praia de Tabatinga, por volta das 12h de quinta.

O piloto da lancha Mar e Moto foi atingido e recebeu os primeiros-socorros na areia, logo depois do acidente, por um médico que passava no local. Ele foi levado para um hospital, mas morreu. O empresário Felipe Galvão, de 58 anos, estava no barco com a mulher, dois filhos e o enteado, que não se feriram.

– Ao que tudo indica, temos imprudência dos condutores das embarcações. Eles poderiam estar em alta velocidade, mas isso só o inquérito vai dizer. Mas com certeza há uma distração dos dois condutores, porque a visibilidade estava ótima na região e uma colisão desse tipo não é algo comum – disse Alexandre de Souza, delegado da Capitania dos Portos.

O delegado disse que as duas lanchas estão em situação regular e os dois condutores tinham habilitação para pilotá-las. O homem que conduzia a lancha Black Diamond foi ouvido pela Polícia Civil, que também investiga o caso, e deve ser indiciado por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar.

A lancha Mar e Moto foi retirada do mar no fim da tarde de quinta-feira, com a ajuda de um trator.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas