Com site, família arrecada R$ 667 mil para pagar multa de Genoino - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Geral
Com site, família arrecada R$ 667 mil para pagar multa de Genoino
Publicado por Editoria O GLOBO

RIO - A família do ex-presidente do PT José Genoino informou que conseguiu arrecadar os R$ 667,5 mil necessários para pagar a multa imposta pelo Supremo Tribunal Federal. A multa era de R$ 468 mil, mas o valor foi atualizado pela Justiça. Os parentes do ex-deputado criaram um site no início de janeiro para receber doações. A própria página na internet foi usada para agradecer aos que fizeram a contribuição.

"A todos vocês que estão acompanhando a nossa luta coletiva para o pagamento da multa imposta injustamente a José Genoino: conseguimos o valor necessário", informa o texto no site.

Genoino foi condenado a seis anos e onze meses de prisão, em regime inicial semiaberto. Mas ele está provisoriamente em prisão domiciliar, devido ao estado delicado de saúde. No dia 19 de fevereiro, o presidente do STF, ministro Joaquim Barbosa, poderá mudar o regime de cumprimento da pena, com base em nova avaliação médica. Conforme a sentença do STF, Genoino cometeu formação de quadrilha e corrupção ativa no esquema de pagamento de mesada a parlamentares engendrado no governo Lula.

Barbosa não autorizou transferência do petista para o apartamento onde morava em São Paulo com a mulher, os filhos e os netos. Genoino foi levado para a Penitenciária da Papuda, em Brasília, em 15 de novembro. Dias depois, passou mal e foi internado em um hospital. Depois, foi transferido para a casa de um parente.

O petista foi submetido a cirurgia cardíaca em julho passado, em São Paulo. Segundo a defesa, Genoino precisa do acompanhamento regular de profissionais da mesma cidade. Pacheco pediu que seu cliente fosse para São Paulo amanhã, para se consultar no Hospital Sírio-Libanês, mas Barbosa negou-lhe o benefício. Disse que o paciente poderia se tratar com um profissional de Brasília, onde cumpre prisão domiciliar.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VitóriaNews.