Genro de Xuxa muda de nome, lança carreira no pop e se inspira em Priscilla

RIO DE JANEIRO, RJ, E ARACAJU, SE (FOLHAPRESS) – Conhecido por ser genro da apresentadora Xuxa Meneghel e marido de Sasha Meneghel, João Figueiredo vai mudar sua carreira músical. Inspirado no movimento feito por Priscilla, o cantor mudou seu nome e vai passar a focar sua carreira na música pop. Com isso, ele passa a assinar como João Lucas.

Mas qual o motivo da mudança? À reportagem, Lucas explicou o que motivou a uma troca tão radical. O interprete confessa que esse sempre foi seu sonho desde criança e que a troca veio para mudar sua forma de recuperar o que lhe tornou amante das artes.

“Essa mudança veio da vontade de resgatar o que me tornou apaixonado pela arte. Aos 4 anos, era o João Lucas quem fazia, do quintal da avó, um palco, um teatro e um circo. A essência do que eu sempre quis fazer como artista está desde a minha infância. E foi pra aquele menino que eu olhei e me inspirei pra viver esse novo momento da minha carreira”, disse o cantor.

Inegavelmente, João Lucas admite que será comparado com Priscilla, cantora e apresentadora que fez o mesmo movimento recentemente e causou polêmica na internet. O cantor admite a admiração a ex-SBT.

“Priscilla é uma amiga querida e nas nossas jornadas musicais cada um está trilhando um caminho único, baseado em experiências de vidas distintas. Cada um de nós carrega histórias singulares que moldam nossa música e identidade artística”, comenta.

João lembra que, nos Estados Unidos, uma troca desse tipo é algo considerado muito comum na indústria musical, e que isso passará a ser normalizado no Brasil com o tempo.

“Essa transição não é algo novo no mercado e grandes nomes da música pop, principalmente americana, fizeram movimentos semelhantes. A diferença está nos desafios que cada um enfrentou nesse processo. Para mim, o mais importante é expressar o porquê, como e quem eu sou para as pessoas que me acompanham”, explicou João.

Sobre as críticas que pode sofrer do público gospel que já o acompanhava, o genro de Xuxa recorda que consultou amigos e familiares antes de trocar o seu foco na carreira.

“A minha conclusão é que meus amigos, fãs e família querem me ver nas mudanças que sou. Faz mais de 3 anos que lancei minha última música gospel e acredito que o tempo foi meu aliado nessa transição porque tudo se deu da forma mais natural possível. O público foi assimilando aos poucos”, explicou.

João Lucas conclui dizendo que já fez uma transição para o pop aos poucos desde 2021, quando parou de lançar músicas dedicadas ao gênero religioso.

“Meus 2 últimos lançamentos já foram meus primeiros passos para esse novo movimento, e a recepção por parte dos fãs foi maravilhosa. Hoje me sinto completamente apoiado e incentivado por eles, e isso é muito especial pra mim”, relatou o músico.

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Pinterest
Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.