Garis limpam orla do Leblon após mar e areia invadirem pista durante ressaca

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) – Agentes da Comlurb (Companhia de Limpeza Urbana do Rio de Janeiro) fizeram uma força-tarefa neste domingo (30) para limpar a avenida Delfim Moreira, no Leblon, zona sul do Rio de Janeiro, após o mar invadir a pista.

As fortes ondas fizeram alguns pontos da cidade e região metropolitana serem alcançados pelo mar já na noite de sábado (29). Moradores e motoristas ficaram surpresos com o tamanho das ondas.

A Delfim Moreira ficou parcialmente interditada de domingo até a manhã desta segunda-feira (1°) por conta da ressaca.

Ainda no domingo, a Comlurb mobilizou 25 garis para limpeza e remoção de areia da pista e do calçadão da praia do Leblon. A areia foi recolhida e devolvida à praia. A companhia usou uma pá carregadeira, uma varredeira de grande porte e até um caminhão-pipa para lavar o calçadão.

A Marinha emitiu um aviso de ressaca para a capital fluminense. O fenômeno começou na manhã de sexta (29) e vai até a meia-noite de terça-feira (2).

Segundo a Marinha, a faixa litorânea de São Paulo e do Rio de Janeiro tem ondas de direção sudoeste a sul e altura de até 3 metros.

O Alerta Rio, sistema de alerta de chuvas da prefeitura do Rio, comunicou que as condições do tempo seguem influenciadas por áreas de instabilidade e que o céu continuará encoberto, com previsão de chuva até a noite de terça. O sol deve reaparecer na quarta (3).

O Corpo de Bombeiros e a prefeitura do Rio recomendaram que a população evite banhos de mar em áreas em condições de ressaca. Outra orientação é não permanecer em mirantes na orla e nem praticar esportes próximos ao mar, como bicicletas, caso as ondas estejam atingindo a ciclovia. Os pescadores também devem evitar navegar durante o período de ressaca

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.