Gabigol chega cedo a treino do Flamengo em 1º dia livre para assinar pré-contrato

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) – Gabigol se apresentou com antecedência ao treino do Flamengo nesta segunda-feira (1º), no Ninho do Urubu, em seu primeiro dia liberado para assinar um pré-contrato com outro clube.

Gabigol chegou ao CT por volta das 14h30, uma hora antes da atividade. O atacante, vale destacar, já tem o costume de chegar cedo aos treinamentos.

O treino será feito com os reservas que estiveram na vitória do Flamengo sobre o Cruzeiro por 2 a 1. Os titulares farão um regenerativo.

Gabigol continuará treinando com o elenco principal mesmo não sendo relacionado para os jogos. De acordo com o vice de futebol Marcos Braz, a situação ficará desta maneira enquanto uma possível saída no meio do ano não for resolvida. O atacante não deverá participar das partidas, pelo menos, nas duas próximas semanas.

“Ele é um jogador que, mais uma vez, não está afastado de absolutamente nada no dia a dia. Vai treinar nos mesmos horários, fazer as mesmas atividades. Somente nesse período curto que demos uma segurada para ver se a gente ajuda o empresário, a decisão do empresário dele de procurar novos ares. Se ele não sair, vai continuar aqui normalmente, ganhando o salário dele e trabalhando para o clube”, afirma Braz.

FLAMENGO QUER COMPENSAÇÃO FINANCEIRA PARA LIBERÁ-LO ANTES

O vice de futebol Marcos Braz se posicionou de maneira firme sobre a situação após a vitória do Flamengo. O dirigente não nega que a saída do atacante é iminente, mas afirmou que só irá liberar o jogador por agora caso o clube seja compensado financeiramente. E que o fato do atleta ficar fora da relação no jogo deste domingo (30) foi para que ainda se tenha a possibilidade dele ser negociado no meio do ano.

“A partir do momento que eles [empresários] se posicionaram que agora, a curto prazo, iriam procurar novos ares, estamos contribuindo com o empresário dele de não deixar completar o sétimo jogo para que eles possam exercer o trabalho de ir ao mercado para tentar ajustar alguma proposta ao Flamengo. O que posso te falar de antemão é que o Flamengo tem que ser remunerado para que ele saia no meio do ano. Caso contrário, ele fica aqui até o fim do contrato e, no final do ano, ele vai para onde entender que tem que ir”, disse Braz.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.