Forças Armadas trabalham com ‘guerras todos os dias’ no país, diz Múcio

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – O ministro da Defesa, José Múcio Monteiro, afirmou que as Forças Armadas brasileiras enfrentam guerras todos os dias. A declaração foi dada nesta sexta-feira (7) para defender as forças em um seminário sobre segurança pública, direitos humanos e democracia.

Múcio lembrou uma ocasião em que foi questionado por parlamentares sobre a função das Forças Armadas tendo em vista que o Brasil não está em guerra.

“Eu tive que disfarçar e disse que temos guerra todos os dias. Nós estamos com uma guerra enorme no RS, na Amazônia, quando o rio secou. Estamos com uma guerra com a questão dos Yanomamis. Estamos em guerra na questão das nossas fronteiras, por conta de droga”, enumerou.

“Esses homens só fazem trabalhar e são todos ocupados. E nós temos que nos orgulhar do que são as Forças Armadas”, disse.

O ministro também voltou a defender a atuação das forças durante a tentativa de golpe em 8 de janeiro de 2023.

“Se devemos o golpe de 1964 às forças armadas, nós devemos às forças armadas não ter tido golpe em 2023.”

Em 17 de abril, o ministro esteve em audiência na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara dos Deputados. Na ocasião, ele defendeu que a pasta tenha previsibilidade orçamentária. Nesta segunda, ele voltou a abordar o tema.

“Nossos vizinhos estão com um orçamento maior que o Brasil. Mas diante das nossas prioridades, nós não estamos investindo em uma defesa, que é a guardiã do nosso território, nossa soberania”, afirmou.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.