Fim de semana em São Paulo terá temperaturas de 13°C de manhã e 27°C à tarde

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O fim de semana na região metropolitana de São Paulo será típico de outono, com madrugadas frias, formação de névoa úmida e nevoeiro ao amanhecer e muito sol entre o fim da manhã e a tarde.

De acordo com o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas) da Prefeitura de São Paulo, uma massa de ar seco é o responsável por esse cenário nos próximos dias, garantindo dias ensolarados com predomínio de sol entre poucas nuvens. E sem chuva.

Esta sexta-feira (7), por exemplo, deve ter condição atmosférica semelhante à observada nesta quinta (6), com mínima de 13°C e névoa úmida entre o fim da madrugada e o início da manhã. Até o final da manhã a nebulosidade se dissipa e o Sol passa a predominar, proporcionando a elevação da temperatura. A máxima nesta quinta foi de 25,4°C, com os menores índices de umidade do ar ao redor dos 35%, de acordo com o CGE.

Já no final de semana o paulistano terá muito sol, sem previsão de chuva. Nos dois dias, as madrugadas manterão os termômetros em torno dos 13°C, com probabilidade de nevoeiro. Assim que a névoa sumir, o Sol aparecerá entre poucas nuvens e a temperatura máxima prevista pode chegar a 27°C, com taxas mínimas de umidade do ar próximas aos 40%.

“Essa névoa é o resultado do resfriamento da madrugada, quando temos a perda da energia radiativa do Sol. Como tem poucas nuvens, isso resulta na formação dessas gotículas suspensas que geram a nebulosidade, principalmente, entre a madrugada e o início da manhã. O Sol aquece e o próprio aquecimento do ar dispersa a névoa”, explica Thomaz Garcia, meteorologista do CGE.

Na Baixada Santista e no litoral norte, já sem a influência da frente fria que passou pelo oceano no início da semana, a região deve ter temperaturas um pouco mais elevadas que a capital, com as mínimas entre 19°C e 20°C e as máximas entre 26°C e 27°C. O céu ficará ensolarado, com poucas nuvens, e sem chuva.

Já no interior do estado, onde a massa de ar seco está mais forte, o calor será ainda mais intenso, com os termômetros marcando 33°C nos horários mais quentes em Araçatuba, 32°C em Presidente Prudente, 31°C em São José do Rio Preto, 30°C em Ribeirão Preto e Bauru, 29°C em Campinas e 28°C em Franca.

Além do calor, essas regiões também devem enfrentar baixa umidade do ar, problema que atinge toda a região Centro-Oeste e partes de Minas Gerais e de São Paulo. O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu um alerta de perigo potencial à saúde para essa faixa, indicando que a taxa de umidade deve ficar entre 30% e 20%, nível de atenção. A OMS (Organização Mundial da Saúde) informa que a umidade abaixo de 60% já é prejudicial à população.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.