Fernanda sobre medo de perder namorado durante o BBB 24

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Fernanda conta por que teve medo de perder o namorado, Daniel Gregg, enquanto estava confinada no BBB 24 (Globo). Ela detalhou sobre a relação ser recente e como ele reagiu à sua participação no reality.

A confeiteira se preocupava por não ter exposto sua tristeza ao companheiro. “A gente tinha pouco tempo de namoro. Ele se mostrou um cara que me acolheu porque contei muitas coisas para ele, muitas verdades. O que não contei para ele era toda essa tristeza que tinha dentro de mim. Não cabia eu dividir a minha dor em tão pouco tempo. Só cabia ser feliz, ser amada, ser cuidada, dividir carinho e tudo mais”, admitiu em entrevista à Quem.

Ela achava que poderia perdê-lo por ser recente: “Tinha esse medo de perder, porque também não houve uma conversa. Ele só foi saber que eu ia para o programa no finalzinho do ano. Falava para Pitel que achei um cara que pude contar que tenho problemas, quando estava sem grana, contar que tenho um filho ‘especial’, da minha situação com uma filha pequena, que também sou divorciada”.

Fernanda confessou que precisava de um parceiro para ajudá-la: “Ele se mostrou receptivo, viu que não era problema para a gente ter um relacionamento e isso não acontecia há anos. Estava com medo de perder essa oportunidade de ter um parceiro porque, para mim, no momento que estava vivendo, entendia que, além da minha independência, precisava de alguém para dividir a minha vida. Sozinha não estava dando conta, precisava que alguém estivesse comigo, me ajudasse, me apoiasse. Ele apareceu do nada e fiquei com esse receio… é um cara muito discreto. Também veio de uma situação difícil, de um divórcio. Tem filhos”.

A ex-sister também comentou sobre o que ele achou de sua participação no BBB 24: “Disse que se orgulhou muito de mim, que ficou feliz de ter visto meu lado, que sofria quando me via triste, que não aguentava me ver chorando e queria que eu saísse do programa. A gente está aprendendo com tudo isso, mas ele gostou da minha participação e, em nenhum momento, me acusou, me encaixou por qualquer coisa que possa ter soado de fala negativa aqui. Ele é muito compreensivo, sabe que estava sob pressão, me apoia até na questão de melhorar”.

Por fim, apontou que quer conhecer os enteados: “Não conheço os meninos, nunca falei, porque não tive tempo (…). Falo para ele que quero conhecer, ver o que estão achando disso tudo, se os amigos estão gostando, se estão zoando. Ele falou que a namorada do filho mais velho dele me adora e eu preciso conhecer”.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.