Fãs de Madonna ocupam proximidades do palco, já sem os tapumes dos ensaios

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) – Os fãs localizados na grade para o show de Madonna, que acontece na noite deste sábado em Copacabana, já têm visão privilegiada para o palco.

Os tapumes de metal instalados em frente ao palco já foram retirados e apenas as grades de segurança foram mantidas.

Os tapumes serviam como medida de segurança para a área do show e para os trabalhadores enquanto o palco ainda era montado. Nos últimos dias foram feitas diversas especulações de que os objetos, que bloqueava parte da visão do público, permaneceriam ali durante a apresentação.

O público já começou a chegar na praia de Copacabana. Desde ontem à tarde já havia fãs montando acampamento em frente a grade. Ao longo da madrugada e da manhã deste sábado a concentração aumentou. Os lugares mais disputados são a lateral direita, na frente do Copacabana Palace, e na parte da frente do palco.

Madonna realiza seu show hoje às 21h50, com um público esperado de um milhão e meio de pessoas.

ÁREAS VIP NO SHOW

O Itaú já possui concorrentes para a sua disputada área VIP do show.

Vendedores ambulantes improvisaram uma nova “área VIP” nas areias de Copacabana, em local privilegiado com visão central para o palco. O espaço é uma espécie de barricada, um quadrado delimitado por sacos de areia ligados por cordas no chão.

Os organizadores cobram R$50 dos clientes e o pagamento deve ser feito antecipadamente por PIX. Segundo os vendedores, diversas pessoas já garantiram o ingresso e devem chegar mais tarde ao local. Por enquanto eles usam o espaço para vender bebidas.

Haverá ainda um esquema de segurança próprio montado por eles, para que o público comum não invada o espaço. Segundo informam, foram contratados seguranças particulares que ficarão de plantão durante o show.

Questionados pela reportagem e por clientes em potencial sobre a fiscalização da Prefeitura, eles garantem que não há motivos para preocupação: “A Prefeitura só está fiscalizando quem está do lado de fora, na calçada. Aqui na areia eles não vêem não.”

Procurado pela reportagem, Paulo Mac Culloch, coordenador de Comunicação da Secretaria de Ordem Pública, informou que estão cientes de outros casos como esses e que isso é uma prática comum em eventos desse porte. Afirma também que estão sim atuando para coibir esses casos: “Vamos seguir fiscalizando para evitar a ocupação irregular da área pública”, afirmou.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.