Euro: Geórgia surpreende Portugal e tem classificação histórica às oitavas

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – A seleção da Geórgia venceu Portugal por 2 a 0 nesta quarta-feira (26) pelo terceiro jogo da fase de grupos da Eurocopa. A partida foi realizada na Veltins-Arena, em Gelsenkirchen.

Kvaratskhelia e Mikautadze marcaram para a Geórgia. De pênalti, Mikautadze chegou a três gols na Euro e agora lidera a artilharia da edição.

Mesmo com a derrota, Portugal já estava classificado para as oitavas de final. O técnico Roberto Martínez optou por um time misto com apenas Diogo Costa e Cristiano Ronaldo do time considerado titular iniciando a partida.

A Geórgia terminou em terceiro, mas avançou para a próxima fase. A Turquia, que venceu a Tchéquia, ficou com o segundo lugar do grupo F.

COMO FOI O JOGO

Os portugueses entraram em campo com a classificação e o primeiro lugar garantidos. A ideia do técnico espanhol Roberto Martínez foi dar ritmo aos reservas, com Pedro Neto, João Félix e Francisco Conceição aproveitando melhor a oportunidade.

A Geórgia dependia da vitória para garantir a sobrevivência e arrancou um gol relâmpago. Portugal acabou dominando a partida durante o primeiro tempo, mas empilhou finalizações para fora ou muito bem defendidas por Mamardashvili. Cristiano Ronaldo teve mais de uma oportunidade para marcar e chegar a um novo recorde, mandando por cima do gol em sua principal chance da partida.

António Silva mal. O zagueiro cometeu erros individuais nos dois lances que originaram os gols adversários: primeiro entregando a bola no meio de campo, e depois causando a penalidade.

GOLS E LANCES IMPORTANTES

1×0. Com apenas dois minutos de jogo, António Silva errou na troca de passes no meio de campo e Mikautadze aproveitou para puxar contra ataque com Kvaratskhelia. O atacante do Napoli não desperdiçou e finalizou de perna esquerda para o fundo do gol.

Cobrança perigosa. Aos 16 minutos, Cristiano Ronaldo chamou a responsabilidade em cobrança de falta de longa distância. O craque português acertou um chute poderoso com direção certa, que foi espalmado pelo goleiro georgiano.

Pressão portuguesa. Após cobrança curta de escanteio, Pedro Neto cruzou buscando a segunda trave. Mamardashvili afastou de leve e a bola sobrou para Francisco Conceição, que finalizou na rede pelo lado de fora. Cristiano Ronaldo reclamou muito por um puxão dentro da área, mas o árbitro advertiu o jogador com cartão amarelo.

Evitou o gol olímpico. Aos 47, no último lance do segundo tempo, Pedro Neto cobrou escanteio fechado e tentou surpreender o goleiro. Mamardashvili tirou de soco em cima da linha.

Pênalti para a Geórgia! Com 10 minutos da segunda etapa, arbitragem confirmou penalidade após revisão. António Silva deixou o pé e acabou acertando Lochosvili dentro da área.

2×0. Mikautadze tomou pouca distância para finalizar no canto esquerdo de Diogo Costa. O goleiro português caiu para o lado certo, mas não chegou a tempo.

O nome do jogo. Aos 46 do segundo tempo, Semedo chutou cruzado à queima roupa e Mamardashvili evitou mais um gol português.

Estádio: Veltins-Arena, em Gelsenkirchen

Árbitro: Sandro Schärer

Assistentes: Stefan Lupp e Bekim Zogaj

VAR: Fedayi San

Cartões amarelos: Cristiano Ronaldo, Pedro Neto, Ruben Neves; Mekvabshvili

Cartões vermelhos: nenhum

Gols: Kvaratskhelia, Mikautadze

GEÓRGIA

Mamardashvili; Kakabadze, Gvelesiani (Kvirkvelia), Kashia, Dvali e Lochoshvili (Tsitaishvili); Kochorashvili (Mekvabishvili), Chakvetadze e Kiteishvili; Kvaratskhelia (Davitashvili) e Mikautadze. T.: Willy Sagnol

PORTUGAL

Diogo Costa; António Silva (Semedo), Danilo Pereira e Gonçalo Inácio; Dalot, Palhinha (Ruben Neves), João Neves (Matheus Nunes) e Pedro Neto (Diogo Jota); Francisco Conceição, João Félix e Cristiano Ronaldo (Gonçalo Ramos). T.: Roberto Martinez

Compartilhe: