segunda-feira, 15 agosto, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Weverton festeja marca na Libertadores pelo Palmeiras; Rony e Endrick treinam

O Palmeiras pode poupar algumas peças diante do Goiás de olho no embate de volta das quartas de final da Libertadores contra o Atlético-MG, quarta-feira, no Allianz Parque. Rony trabalhou forte nesta sexta-feira e pode ser uma das novidades no domingo. O jovem Endrick completou a transição após se recuperar de lesão e também trabalhou, em dia de reabilitação aos titulares. O goleiro Weverton, que costuma ser presença constante mesmo quando Abel Ferreira poupa peças, fez uma análise do rival do Brasileirão e comemorou os 50 jogos defendendo o clube na Libertadores.

A marca alcançada diante dos mineiros em Belo Horizonte deixou o dono da meta palmeirense extremamente feliz. “Essa parte individual também me traz motivação. É claro que ganhar títulos é o mais legal, mas algumas marcas, quando você parar de jogar, deixará um legado, poderá contar para os filhos. A Valentina esteve presente e viu as duas conquistas da Libertadores, agora tem o Olavinho que nasceu e deve estar com ciúme, quer também conquistar títulos (risos)”, brincou o goleiro, falando dos filhos com emoção e satisfação.

“É história para eles poderem contar daqui a 30 anos para a família deles. Sei que tem um preço para isso, e todos os dias eu venho aqui com muita alegria, fazer uma boa preparação e estar sempre bem nos jogos”, afirmou. “Libertadores são grandes jogos, fazem a diferença e deixam marcas. Quem sabe, quando parar, veremos qual minha posição nesse ranking. Mas posso dizer que sou um cara feliz, realizado e totalmente grato pelo que o Palmeiras vem proporcionando para mim e para a minha família.”

Sobre o jogo com o Goiás, no Allianz Parque, Weverton pede atenção e lembra do crescimento da equipe no Brasileirão. O time do centro-oeste empatou com os líderes no primeiro turno e vem dificultando a vida dos rivais – arrancou um 3 a 3 com o São Paulo no Morumbi, por exemplo.

“É manter essa parte mental, sabemos o quanto é difícil o Brasileiro. Não existe jogo fácil, o segundo turno é ainda mais, não dá para recuperar mais pontos”, alertou o goleiro. “Sabemos que mais uma vez o torcedor vai lotar o estádio, vai nos apoiar como sempre tem feito e tem tudo para ser mais um grande jogo. Mas o Goiás vem crescendo na competição, não vai nos dar nada de graça”, advertiu.

Weverton, porém, acredita em um triunfo caso o Palmeiras repita as recentes atuações como mandante. “Temos de fazer por merecer, competir, se dedicar muito, porque será um jogo duro. Esperamos que domingo todos estejam 100%, no nível de concentração máximo e possam fazer o que o Abel pede sempre: dar o nosso melhor dentro de campo, cada um nas suas tarefas, focado no que têm de fazer.”

Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas