sábado, 13 agosto, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Ponte Preta conta com brilho de estreantes e supera Operário por 3 a 0 na Série B

Os reforços já começaram a dar resultados e a Ponte Preta venceu mais uma na Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado, recebeu o Operário-PR, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, e venceu por 3 a 0, pela 21ª rodada. Os gols foram marcados por Mateus Silva e Elvis, que fizeram suas estreias pelo clube paulista, e Wallisson.

Esta é a sexta vitória da Ponte Preta, sendo que três foram conquistadas nas últimas cinco rodadas. Assim, o time soma 25 pontos, na 12ª colocação. O Operário, por outro lado, está há seis jogos sem vencer, com 21 pontos, em 16º lugar e pode entrar na zona de rebaixamento até o fim da rodada.

A partida não poderia ter começado melhor para a Ponte Preta e também para o estreante Mateus Silva. Após cobrança de escanteio feita por Elvis, outro estreante, Artur desviou e Mateus Silva completou, de cabeça, para abrir o placar aos quatro minutos.

Mesmo com o gol, o Operário teve poder ofensivo, mas desperdiçou grande chance. Tomas Bastos recebeu rasteiro na marca do pênalti, mas furou. Ricardinho tentou na sequência, mas o chute foi por cima.

Outra grande chance para a Ponte Preta surgiu na parte final, quando Wallisson foi derrubado dentro da área e o árbitro marcou pênalti. O lance foi revisado pelo VAR, mas a marcação foi mantida. Elvis foi para a cobrança e viveu um misto de emoções em poucos segundos. Isso porque a primeira cobrança foi defendida por Vanderlei. Entretanto, o VAR pegou invasão na área e a cobrança voltou. Desta vez, aos 36 minutos, Elvis cobrou no meio e fez o segundo gol.

A vantagem no placar não fez com que a Ponte Preta se acomodasse na volta para o segundo tempo. Em grande noite, Elvis iniciou a jogada e acionou Artur. O lateral-esquerdo cruzou na cabeça de Wallisson, que ampliou a vantagem aos 18 minutos. O Operário até teve mais uma boa chance com Júnior Brandão, mas parou em boa defesa de Caíque França. Ele invadiu a área pela direita e chutou cruzado, mas o goleiro da Ponte Preta espalmou bem. Depois disso, o time paulista controlou bem o jogo nos minutos finais e confirmou a vitória, de novo, com a presença de seis mil torcedores.

Quem volta a campo primeiro, pela 22ª rodada, é a Ponta Preta, que visita o CRB na quinta-feira, às 21h30, no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL). Na sexta-feira, às 19h, o Operário volta a jogar em casa, no estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa (PR), diante do Náutico.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 3 X 0 OPERÁRIO

PONTE PRETA – Caíque França; Igor Formiga (Bernardo), Mateus Silva, Fábio Sanches e Artur (Jean Carlos); Léo Naldi, Felipe Amaral (Wesley Fraga), Wallisson (Rithely) e Elvis (Cássio Gabriel); Fessin e Nicolas. Técnico: Hélio dos Anjos.

OPERÁRIO-PR – Vanderlei; Lucas Mendes (Arnaldo), Thales, Reniê e Fabiano; André Lima (Leandrinho), Ricardinho e Tomas Bastos; Paulo Victor (Jean Carlo), Silvinho (Felipe Saraiva) e Paulo Sérgio (Júnior Brandão). Técnico: Matheus Costa.

GOLS – Mateus Silva, aos 4, e Elvis (pênalti), aos 36 minutos do primeiro tempo; Wallisson, aos 18 do segundo.

ÁRBITRO – Felipe Fernandes de Lima (MG).

CARTÕES AMARELOS – Igor Formiga, Felipe Amaral e Wesley Fraga (Ponte Preta). Lucas Mendes, Reniê, Leandrinho e Paulo Sérgio (Operário).

RENDA – R$ 79.035,00.

PÚBLICO – 5.569 pagantes (6.146 presentes).

LOCAL – Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas