sexta-feira, 19 agosto, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

São Paulo contrata goleiro de Ceni no Fortaleza após falhas de Thiago Couto

O São Paulo enxergou a necessidade de contratar um goleiro diante da lesão de Jandrei e das atuações inseguras do jovem Thiago Couto e definiu nesta sexta-feira a chegada de Felipe Alves. O atleta de 34 anos assinou contrato de empréstimo até 31 de dezembro de 2023 e chega com o aval de Rogério Ceni, com quem trabalhou no Fortaleza.

O jogador pertencia ao Fortaleza e estava emprestado ao Juventude desde o início da temporada antes de acertar com o São Paulo. O clube tem até este sábado para inscrevê-lo nas quartas de final da Copa Sul-Americana.

“É importante termos mais esse reforço para o nosso elenco. O Rogério Ceni já trabalhou com o Felipe, sendo um fator importante para a sua adaptação. Com sua experiência, ele poderá contribuir muito nessa nossa caminhada nas competições desta temporada”, afirmou o presidente Julio Casares.

A contusão de Jandrei, que sofreu fratura em uma das vértebras da coluna lombar, fez o São Paulo se mexer às pressas no mercado para trazer um goleiro. Assim que soube que o problema do titular da posição era mais grave do que se pensava, o clube abriu negociações para reforçar o elenco.

A diretoria tentou John, mas recebeu resposta negativa do Santos. O jeito foi procurar um goleiro menos caro e mais experiente para passar tranquilidade a Thiago Couto, muito criticado por falhas contra o Inter e Goiás, jogos em que levou seis gols, três em cada. Diante do América-MG, ele cometeu um pênalti, mas se redimiu ao defender a cobrança de Iago Maidana.

“Com a contratação do Felipe, damos sequência à nossa busca pelo fortalecimento do elenco. Ele chega para ser uma opção em uma posição em que temos o Jandrei, atleta que trouxemos este ano e que se adaptou rapidamente, e o Thiago Couto, garoto que demonstra grande potencial no dia a dia e que conta com a nossa confiança, além de outros jovens que serão trabalhados para o futuro”, disse o diretor de futebol Carlos Belmonte.

Natural de São Paulo, Felipe Alves, de 34 anos, tem a confiança de Rogério Ceni, com quem trabalhou no Fortaleza em 2019 e 2020. Os dois foram campeões cearense e da Copa do Nordeste. O goleiro tem uma atributo que Ceni valoriza: a qualidade com os pés, que permite que o atleta ajude na construção do jogo desde a defesa.

Felipe Alves iniciou sua carreira no Paulista, de Jundiaí. Depois, defendeu Vitória e Atlético Sorocaba antes de chegar ao Osasco Audax, no qual ganhou projeção após a disputa do Campeonato Paulista de 2016, ano em que foi finalista e vice-campeão do Estadual.

Também passou por Paraná, Oeste e Athletico Paranaense, além de Juventude, seu último clube.

Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas