sábado, 13 agosto, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Defesa vacila no fim e São Paulo empata com o Goiás por 3 a 3 no Morumbi

O São Paulo empatou pela quarta vez seguida no Brasileirão ao ficar no 3 a 3 com o Goiás, neste sábado, no Morumbi. É a quinta partida do time tricolor sem vitória. A equipe está na nona posição da tabela, com 26 pontos, e os goianos se mantêm em 12º. O jogo animado por seis gols mostrou a boa fase do ataque são-paulino, mas ligou o alerta para o sistema defensivo, que voltou a ser vazado.

O São Paulo entrou na partida decidido a voltar a vencer em casa, mas o Goiás foi quem começou mais ligado e bem preparado para os contra-ataques rápidos. Logo aos oito minutos, a equipe goiana mostrou que não ficaria só se defendendo e abriu o placar com Dadá Belmonte. O time tricolor sofreu gols em sete dos últimos oito jogos.

A equipe do técnico Jair Ventura estava bem postada na defesa e dificultava a troca de passes do São Paulo, que não desistiu da sua proposta e foi presenteado pela persistência. Welington cruzou na área e Calleri testou para as redes. No apoio da torcida, o time tricolor foi para cima e logo virou o jogo.

Três minutos depois do empate, Nestor fez o segundo para levantar ainda mais o Morumbi, que registrou bom público. Quando tudo parecia controlado, o Goiás empatou. No último lance do jogo, o São Paulo teve um pênalti a favor, mas o atacante Luciano parou no goleiro Tadeu, a sexta defesa dele em 2022.

A segunda etapa começou com um novo gol tricolor. Patrick, de cabeça, colocou o time novamente na frente. Foi o oitavo gol da equipe nos últimos três jogos. O São Paulo rodou bem a bola, se movimentou com inteligência e, assim, encontrou espaços, mas não achou o terceiro gol.

Sem inspiração, o Goiás mostrou pouco poder de reação, mas no fim se jogou ao ataque e foi premiado. Pedro Raul testou firme e empatou o jogo nos acréscimos. O ataque são-paulino perdeu muitas chances e viu a defesa novamente vacilar.

FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO 3 X 3 GOIÁS

SÃO PAULO – Thiago Couto; Rafinha, Diego Costa, Luizão e Welington (Marcos Guilherme); Pablo Maia, Nestor (Igor Vinícius) e Igor Gomes (Gabriel Neves); Patrick (Nikão), Luciano (Talles Costa) e Calleri. Técnico: Rogério Ceni.

GOIÁS – Tadeu; Maguinho, Danilo Cardoso, Caetano e Sávio; Diego (Pedro Junqueira), Matheus Sales (Fellipe Bastos), Luan Dias; Dadá Belmonte (Nicolas), Vinícius (Danilo Barcelos) e Pedro Raul. Técnico: Jair Ventura.

GOLS – Dadá Belmonte, aos 8, Calleri, aos 29, Nestor, aos 32, e Danilo, aos 38 minutos do primeiro tempo. Patrick, aos 2, e Pedro Raul, aos 47 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Luizão, Pedro Raul, Dadá Belmonte, Matheus Sales, Luan Dias, Talles Costa, Fellipe Bastos.

ÁRBITRO – Caio Max Augusto Vieira (RN).

RENDA – R$ 1.761.264,00.

PÚBLICO – 39.393 pagantes.

LOCAL – Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP).

Pedro Ramos
Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas