domingo, 14 agosto, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Leclerc desbanca Verstappen e lidera 1º treino livre do GP da França de F-1

Em mais um sinal de que a Ferrari está reagindo na temporada, Charles Leclerc desbancou Max Verstappen nesta sexta-feira e foi o mais rápido do primeiro treino livre do GP da França de Fórmula 1. O piloto monegasco do time italiano foi o único desta primeira sessão no circuito Paul Ricard a andar abaixo da marca de 1min34s.

Ao longo de suas 23 voltas no traçado francês, Leclerc anotou como melhor tempo 1min33s930 com os pneus macios, os mais velozes à disposição dos pilotos neste fim de semana. Líder do campeonato e atual campeão mundial, Verstappen veio logo atrás, com 1min34s021, após 18 voltas completadas.

Os dois rivais fizeram uma disputa equilibrada ao longo desta primeira sessão em Paul Ricard. O espanhol Carlos Sainz Jr., o outro piloto da Ferrari, marcou o terceiro melhor tempo, com 1min34s268, quase um segundo abaixo do mexicano Sergio Pérez, o segundo piloto da Red Bull (1min35s174). Pérez, que ficou em sexto lugar, chegou a rodar na pista sozinho no início da sessão, sem maiores consequências.

O bom desempenho da Ferrari mostra que a equipe vem em ascensão após duas vitórias consecutivas, com Leclerc e Sainz Jr. nos GPs da Inglaterra e da Áustria. O time diminuiu a diferença para a Red Bull tanto no Mundial de Pilotos quanto no de Construtores, mas segue com boa desvantagem na briga pelos dois títulos.

Leclerc deve ser a maior aposta da Ferrari para o GP francês, e não somente por ser o vice-líder da temporada. Seu companheiro de equipe vai perder dez posições no grid de largada, no domingo, por trocar um dos componentes do motor de sua Ferrari. Há a possibilidade ainda de o time italiano fazer outras alterações no carro, o que geraria novas perdas de colocação no grid.

Outra equipe que vem tentando reagir o campeonato é a Mercedes. O jovem britânico George Russell anotou o quarto tempo da sessão, com 1min34s881. O time alemão vem de pódio na Áustria, com Lewis Hamilton em terceiro – Russell foi justamente o quarto.

O heptacampeão mundial não participou da sessão de abertura do GP francês. Ele foi substituído pelo holandês Nyck de Vries, piloto reserva da Mercedes e atual campeão da Fórmula E. Com desempenho acima da expectativa, ele anotou o nono melhor tempo, com 1min35s426.

O Top 10 contou ainda com o local Pierre Gasly (AlphaTauri), com 1min34s979, na quinta posição. Em sétimo ficou o britânico Lando Norris (McLaren), com 1min35s232, logo à frente do tailandês Alexander Albon (Williams), com 1min35s414. O décimo mais veloz foi o australiano Daniel Ricciardo (McLaren), com 1min35s660.

Os pilotos voltam para a pista ainda nesta sexta para o segundo treino livre, ao meio-dia (pelo horário de Brasília). No sábado, a terceira sessão livre será às 8h, três horas antes do treino classificatório. No domingo, a corrida está agendada para as 10 horas.

Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas