sexta-feira, 19 agosto, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Palmeiras faz 100º gol em 2022, bate Cuiabá e reassume liderança do Brasileirão

O Palmeiras reassumiu a liderança do Brasileirão ao derrotar o Cuiabá por 1 a 0 no Allianz Parque, em duelo que encerrou a 17ª rodada nesta segunda-feira. Na mira do Porto, de Portugal, o jovem Gabriel Veron marcou o centésimo gol da equipe em 2022 e garantiu o triunfo, que quebra uma sequência de três jogos sem vitória no certame nacional.

O time de Abel Ferreira se tornou o primeiro da Série A a balançar as redes 100 vezes no ano. Conseguiu o feito em 49 jogos disputados, incluindo os dois duelos do Mundial de Clubes, válido pela temporada 2021)

O resultado recoloca o time de Abel na ponta porque passa a somar 33 pontos, dois a mais que o Atlético-MG, líder momentâneo do torneio por um dia. O Cuiabá desce à 15ª posição e está mais perto da zona de rebaixamento. Tem 19 pontos, apenas um de vantagem em relação ao América-MG, que abre o grupo do descenso.

O Choque-Rei intenso e frustrante pelo resultado da última quinta ainda ressoava no Allianz Parque nesta segunda. O time de Abel tentou ser intenso, mas conseguiu por pouco tempo e parou no ferrolho defensivo do Cuiabá. Foi grande o volume dos anfitriões, mas, um pouco cansados e num primeiro tempo sem inspiração, não conseguiram achar os espaços.

Os melhores lances tiveram como origem cruzamentos de Scarpa. Walter trabalhou no cabeio de Mayke e na finalização sem querer de Alesson, que quase marcou contra. Faltou um camisa 9 para completar os cruzamentos. Na verdade eles já chegaram, os gringos Merentiel e López, mas ambos só podem estrear na quinta, contra o América-MG, pois a janela acaba de abrir.

Na etapa final, o Palmeiras, enfim, acertou o pé num lance de improvisos. O lateral Mayke atuou como um 10 ao deixar Gabriel Veron na cara de Walter. E o jovem atacante emulou um competente camisa 9, batendo com o pé esquerdo para as redes.

Em vantagem, o objetivo de um cansado Palmeiras passou a ser ficar com a bola no ataque. Teve sucesso na estratégia, mantendo o adversário longe de seu gol. Abel ainda aproveitou para descansar alguns de seus principais jogadores, como Dudu e Raphael Veiga. O técnico viu do banco a equipe criar a partir de contra-ataques chances para ampliar. O segundo gol não veio, mas a suada e importante vitória foi assegurada.

FICHA TÉCNIA

PALMEIRAS 1 X 0 CUIABÁ

PALMEIRAS – Weverton; Mayke, Gómez, Murilo e Piquerez (Vanderlan); Danilo, Gabriel Menino (Zé Rafael) e Raphael Veiga (Atuesta); Scarpa, Dudu (Wesley) e Gabriel Verón (Breno Lopes). Técnico: Abel Ferreira.

CUIABÁ – Walter; Marllon, Joaquim e Alan Empereur; João Lucas, Osório (Pepê), Rafael Gava, Rodriguinho (André) e Igor Cariús (Uendel); Alesson (Marcão) e Valdívia (André Luís). Técnico: António Oliveira.

GOLS – Gabriel Veron, aos 4 do segundo tempo.

ÁRBITRO – Anderson Daronco (Fifa/RS).

CARTÕES AMARELOS – Gómez, Murilo, Atuesta, João Lucas

RENDA – R$ 2.103.919,81

PÚBLICO – 39.033

LOCAL – Allianz Parque

Ricardo Magatti
Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas