sábado, 13 agosto, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

CSA leva a melhor no duelo dos últimos colocados e deixa zona de queda da Série B

Na próxima rodada, o Vila Nova já entra em campo na segunda-feira, quando visita o Sport, na Ilha do Retiro, em Recife (PE). O CSA joga na quarta-feira contra o Cruzeiro, às 19h, no estádio Rei Pelé, em Maceió. Os dois jogos são válidos pela 19ª rodada, a última do primeiro turno.

Atuando em casa e com apoio da torcida, o time goiano pressionou desde o início. As duas melhores jogadas do primeiro tempo foram dos donos da casa. Aos 17 minutos, Arthur Rezende recebeu passe de Pablo Dyego e mandou no canto, mas o goleiro Marcelo Carné defendeu. Dois minutos depois, Rafael Donato desviou de cabeça e acertou o travessão do CSA.

Se a parte inicial foi do Vila Nova, a parte final premiou o CSA, que foi quem mais propôs o jogo. Aos 43 minutos, o time alagoano abriu o marcador quando Osvaldo recebeu de Rodrigo Rodrigues e bateu de fora da área no canto do goleiro para marcar.

O Vila Nova se lançou ao ataque no segundo tempo para buscar ao menos o empate. Quase chegou ao objetivo aos 13 minutos, com Pablo Dyego aproveitando chute de Matheuzinho e batendo, com o goleiro já no chão, para fora.

No contra-ataque, o CSA era mais efetivo e aos 26 minutos, Lucas Barcelos recebeu pela esquerda, tirou a marcação e chutou forte, acertando a trave do time goiano. Um minuto depois, Rodrigo Rodrigues recebeu sozinho dentro da área, mas mandou em cima do goleiro Tony.

De tanto insistir, o CSA fez o segundo gol aos 29, com Rodrigo Rodrigues. Após passe de Lucas Barcelos, ele mandou na trave e, na sobra, mesmo caído, empurrou para o fundo das redes do goleiro Tony. O Vila Nova diminuiu aos 32 com Rubens, de cabeça. No final, o time goiano buscou o empate, mas não conquistou o objetivo e ainda quase sofreu o terceiro nos contra-ataques do CSA.

FICHA TÉCNICA

VILA NOVA-GO 2 X 1 CSA-AL

VILA NOVA-GO – Tony; Moacir, Rafael Donato, Renato e Willian Formiga (Jefferson); Rafinha (Pablo Roberto), Arthur Rezende, Marlone (Diego Tavares) e Matheuzinho (Rubens); Pablo Dyego e Daniel Amorim (Riquelme). Técnico: Allan Aal.

CSA-AL – Marcelo Carné; Diego Renan, Wellington, Lucão e Édson (Lucas Marques); Geovane, Giva Santos, Gabriel e Lucas Barcelos; Osvaldo (Igor) e Rodrigo Rodrigues (Douglas). Técnico: Alberto Valentim.

GOLS – Osvaldo aos 43 minutos do primeiro tempo; Rodrigo Rodrigues aos 29 e Rubens aos 32 do segundo.

ÁRBITRO – Rodolpho Toski Marques (PR).

CARTÕES AMARELOS – Moacir(Vila Nova-GO) e Wellington (CSA).

RENDA – R$ 23.315,00.

PÚBLICO – 4.286 pagantes.

LOCAL – Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia (GO).

Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas