Sonhando com vaga na Copa de 2026, Venezuela contrata o argentino José Pekerman - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Esportes
Sonhando com vaga na Copa de 2026, Venezuela contrata o argentino José Pekerman
Reportagem produzida por Estadão Conteúdo

Lanterna da atual edição das Eliminatórias Sul-Americanas e já sem chances de ir ao Catar, a seleção da Venezuela já se prepara para buscar vaga na Copa do Mundo de 2026. Nesta terça-feira, os dirigentes da "Vinotinto" apresentaram o experiente técnico argentino José Pekerman, de 72 anos, que assinou por cinco anos e começa a trabalhar em janeiro de 2022.

"Desde o primeiro dia em que assumimos o cargo, estamos empenhados em melhorar o futebol nacional. Procurávamos um treinador com experiência e que acreditasse nesta transformação do futebol nacional. Pekerman cumpre esses aspectos", disse o presidente da Federação Venezuelana de Futebol, Jorge Giménez. "É um dia de alegria para o futebol venezuelano."

O técnico argentino estará à frente da seleção pelos próximos cinco anos e estará acompanhado por sua equipe técnica em Caracas: Patricio Camps, Leandro Cufré e Fernando Batista acompanham o treinador.

"Muito obrigado pelo acolhimento. Sei que estou no lugar certo", foram as primeiras palavras do novo técnico da Venezuela. "Estamos começando com entusiasmo. Uma esperança se abre com o objetivo que temos. Para a seleção não há amanhã, o jogador deve pensar no hoje", disse.

Além da seleção principal, Pekerman tem total liberdade para liderar as categorias de base da Venezuela e se empolgou com essa interação entre profissionais e jovens. "A estrada nos aproximou. Vamos deixar o nosso coração e a nossa alma para fazer o melhor para a Vinotinto", destacou o técnico que já levou Argentina e Colômbia à Copa.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VitóriaNews.