Deiveson Figueiredo planeja defesa de cinturão contra Brandon Moreno em novembro - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Esportes
Deiveson Figueiredo planeja defesa de cinturão contra Brandon Moreno em novembro
Publicado por Estadão Conteúdo

Deiveson Figueiredo conquistou o cinturão do peso mosca do UFC em 18 de julho ao finalizar Joseph Benavidez na Ilha da Luta, em Abu Dabi. Ostentando o título há pouco menos de duas semanas, ele já planeja como será a sua defesa. O brasileiro quer encarar o mexicano Brandon Moreno em novembro.

"Eu e minha equipe escolhemos essa data e o Brandon Moreno é a bola da vez. Ele me desafiou e merece essa chance. É um adversário que está batalhando e pelo desafio eu quero essa luta para poder finalizar ou nocautear", afirmou Deiveson em entrevista ao Estadão.

Para encarar a defesa de título, o paraense cogita uma viagem para a Tailândia, onde pretende se preparar. "Quero treinar lá por umas três semanas. Estou apenas esperando a liberação para poder viajar e planejar o meu camp", contou.

Deiveson ressalta que além de uma boa preparação, ele precisa "manter o foco" para seguir com o cinturão da organização. "Vou depender do meu foco e eu estou focado. Quero ficar com esse título por muito tempo. Quem sabe, até me aposentar com ele", afirmou.

"O meu foco é ser dominante na categoria. O público pode esperar um fenômeno. Isso é o que eu sempre vou ser e sempre vou proporcionar para quem acompanha o meu trabalho", disse o lutador, que segue comemorando a vitória sobre Benavidez.

Para Deiveson, a conquista do cinturão foi exatamente da maneira como planejou. "Eu treinei para isso. Falei para a minha equipe que iria ganhar a luta por finalização e cumpri o que eu prometi", contou.

"Tenho um carinho enorme por esse cinturão. Eu sou apaixonado por ele. Então, podem ter certeza que vou defendê-lo como uma mãe defende o filho", finalizou.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VitóriaNews.