Carissa Moore é campeã mundial de surfe e Weston-Webb para na semi na etapa final - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Esportes
Carissa Moore é campeã mundial de surfe e Weston-Webb para na semi na etapa final
Publicado por Estadão Conteúdo

A temporada 2019 da disputa feminina do Circuito Mundial de Surfe chegou ao fim nesta segunda-feira, com a conquista do título pela havaiana Carissa Moore. Na última etapa, em Maui, a campeã foi a australiana Stephanie Gilmore, sendo que Tatiana Weston-Webb parou nas semifinais.

Weston-Webb havia se destacado no domingo, quando foi a segunda colocada na sua bateria de estreia, depois eliminando as australianas Macy Callaghan e Sally Fitzgibbons, nas oitavas e nas quartas de final, respectivamente.

Nas semifinais, realizadas nesta segunda-feira, Weston-Webb deixou o evento ao perder para a australiana Tyler Wrihgt. A brasileira até começou melhor a bateria, mas acabou sendo derrotada por 13,00 a 7,33.

Outra representante do País, Silvana Lima havia sido eliminado antes, nas oitavas de final. Ainda assim, fechou a temporada 2019 do Circuito Mundial classificada para os Jogos de Tóquio, como Weston-Webb também tinha conseguido, assegurando duas representantes brasileiras na estreia olímpica do surfe.

Na decisão da etapa de Maui, Wright não resistiu a Gilmore, que triunfou por 14,16 a 9,67. Mas o título mundial ficou mesmo com Moore, que tinha perdido para Gilmore nas semifinais.

Tendo vencido duas etapas, somado dois vices e quatro semifinais nos dez eventos realizados nesta temporada, Moore somou 59.940 pontos para faturar o quarto título mundial da sua carreira - os outros foram em 2011, 2013 e 2015. Weston-Webb foi a sexta colocada, enquanto Silvana ficou na 12ª posição.
X
Olá! Faça seu cadastro no VitóriaNews.
{{app_feedback}}
{{getTitulo}}
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Comentando como
{{dados_login.nome}}
Sair
{{app_feedback_comment}}
{{comentario.nome}}
{{comentario.comentario}}